Silvano foi encaminhado ao hospital, mas não foi possível interná-lo na ala psiquiátrica - Crédito: BM

O Pelotão de Operações Especiais (POE), da Brigada Militar, deteve na noite de hoje, segunda-feira, dia 25, um indivíduo acusado de atacar mulheres e também crianças, em Montenegro.

Conhecido como Silvano, ele foi abordado na Rua Buarque de Macedo e deve ser encaminhado para intervenção compulsória, através de internação, devido a apresentar problemas mentais. Nos últimos dias o indivíduo vem causando grande preocupação na comunidade por andar em bairros, praças e perto de escolas. Segundo a Brigada, possui antecedente criminal por estupro.

Conforme denúncia de uma mulher, no último domingo ele a agrediu com um soco na cabeça quando estava caminhando pela calçada. Ela reagiu e a vítima diz que o andarilho saiu gritando descontrolado.

A Brigada Militar orientou no sentido das pessoas registrarem os casos de ataques e ameaças, para que fique recolhido. Outra denúncia era de que ofereceu dinheiro para as crianças “tocarem” nele. Por isso foi solicitado ao Ministério Público a sua internação.

As guarnições do POE recolheram o indivíduo.Ele resistiu e teve que ser usada a força de forma moderada. Foi encaminhado para o Hospital Montenegro. Mas segundo a Brigada, não foi possível a sua internação na ala psiquiátrica. A justificativa é que dependia de uma avaliação psiquiátrica, o que não ocorre durante a noite. Por isso acabou sendo liberado.

 

Deixe seu comentário