Ontem ocorreu mais uma colisão no Trevo do Ipiranga - Reprodução/FN

O chamado Trevo do Posto Ipiranga, no cruzamento da RSC 287 com a Rua Ramiro Barcelos, foi palco de mais um acidente na manhã de ontem, quinta-feira, dia 11. Por volta de 10h30 ocorreu a colisão entre um automóvel HB20 e uma caminhonete Ford Ranger. Por sorte ninguém ficou ferido. A Polícia Rodoviária Estadual (PRE) atendeu a ocorrência.

Os acidentes no trecho em que a RSC 287 corta a parte urbana de Montenegro, principalmente entre os bairros Panorama e Santo Antônio, até o trevo do Frigonal, numa extensão de cerca de 7 quilômetros sob responsabilidade da EGR, são praticamente diários. E já deixaram várias vítimas, inclusive resultando em mortes. O movimento é cada vez mais intenso, principalmente em horários de pico, como no início da manhã, por volta do meio-dia e principalmente no final da tarde. Motoristas têm que esperar por vários minutos para conseguir atravessar a rodovia e quando alguns arriscam muitas vezes resulta em colisões, virando uma verdadeira “roleta-russa”. Para moradores de bairros como Santo Antônio, Panorama e Alfama, que dependem de cruzar a faixa para se dirigir ao centro e outros locais, é um  “pesadelo” sem fim.

Abaixo-assinado

Na última semana foi lançado um abaixo-assinado pedindo por medidas visando aumentar a segurança na travessia da RSC 287. Rotatórias (rótulas), viaduto ou sinaleiras. Algo tem que ser feito para melhorar a segurança no trecho entre os bairros Santo Antônio e Panorama. A meta é obter o maior número de assinaturas possível e depois entregar o pedido diretamente ao governador Eduardo Leite e secretário e ao secretário estadual dos transportes, Juvir Costella. Listas para assinaturas já estão sendo espalhados pela cidade, em locais como Câmara de Vereadores, estabelecimentos comerciais e outros pontos. A intenção é mobilizar toda a cidade e região. “Já foram feitas reuniões, manifestações e outras ações, mas não adiantaram. Agora estamos fazendo o abaixo-assinado. Se não adiantar vamos apelar para o Ministério Público”, completa Talis”, destaca o vereador Talis Ferreira, que tomou a iniciativa de lançar o abaixo-assinado. A assinatura pode ser também online pelo link http://chng.it/LQ9NVRx2qt

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here