Carlos Eduardo Klein, o Dudu ou Zóio, e Matheus Alves, estavam na moto que foi atingida na RS 122 - Facebook/Reprodução

Foi uma noite de sábado trágica no trânsito da RS 122 em São Sebastião do Caí. Dois acidentes, que ocorreram em menos de duas horas de diferença, resultaram em três mortes, num trecho de seis quilômetros da rodovia.

Carlos Klein, o Zóio ou Dudu, era conhecido pela sua grande atuação no futebol
– Facebook/Reprodução

Na tarde deste domingo, dia 14, foi confirmada a segunda morte decorrente do acidente de moto ocorrido no início da noite de ontem, por volta de 19h, na altura do quilômetro 19, no bairro Rio Branco. Carlos Eduardo Klein, o Dudu ou Zóio, morador do bairro Rio Branco, no Caí, estava com morte cerebral na UTI do Pronto Socorro de Canoas, devido às graves lesões. Na tarde de hoje seu coração parou de bater e foi oficialmente confirmado o óbito. Muito conhecido na região, principalmente pela sua atuação no futebol, jogou em vários clubes e equipes, conquistando muitos títulos. No Caí foi campeão nesse ano pelo Cometa do Loteamento Popular, no municipal de areia. Nas redes sociais recebeu homenagens de outros clubes caienses que atuou, como Rio Branco e Conceição, além do Primavera de Novo Hamburgo. Em Bom Princípio atuou tanto no municipal de futebol de campo como futsete e na areia, em equipes como São Luis da Bela Vista, Morro São Pedro, Laranja Mecânica e Tottenham. Foi campeão também em Caxias do Sul e atuou em várias outras cidades, como Bento Gonçalves, Soledade, Bom Jesus, entre outras. Segundo amigos e colegas, era um excelente zagueiro, um guerreiro de muita garra, além de estimado por todos. Sua morte está causando enorme consternação. O apelido Zóio ou Zoinho foi herdado do pai, João Carlos Klein, o Zóio, que também jogou no Rio Branco.

Carlos Klein chegou a ser socorrido pelo Samu de Bom Princípio e Bombeiros Voluntários Caienses. Foi inicialmente levado para a UPA de Bom Princípio e devido a gravidade removido para o HPS de Canoas, mas não resistiu.

Matheus Alves, que estava com Carlos Klein, teve morreu no local do acidente
– Facebook/Reprodução

No acidente, a moto em que estavam Dudu e Matheus Alves, de 25 anos, pegou fogo. Matheus, morador de Bom Princípio, morreu no local. Ele também tinha atuação destacada no futebol. Em Bom Princípio Matheus jogou pelo Bomsucesso do Arroio das Pedras, inclusive tendo sido campeão municipal de aspirantes pelo clube no início deste ano. Também jogava no futsete pelo Unidos. Morou ainda na Feliz, onde jogou pelo Juventus local. E residiu também no Caí. Ele deixa familiares, inclusive filho, além de muitos amigos que estão consternados. Matheus Kulman Alves Gorziza está sendo velado na Capela Luz da Funerária Hartmann, no Caí. A cerimônia de despedida será amanhã pela manhã, segunda-feira, às 9h30, e posteriormente o sepultamento no Cemitério Municipal de São Sebastião do Caí.

O acidente

Equipes da Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Montenegro e do Instituto Geral de Perícias (IGP) estiveram ontem de noite, sábado, dia 13, no local do acidentem na altura do quilômetro 19, no bairro Rio Branco. Ainda não se sabe qual dos dois dirigia a moto e o que teria provocado o acidente.

Acidente na RS 122 foi na altura do bairro Rio Branco e além da moto das vítimas teria outro veículo envolvido
– Crédito: Bombeiros do Caí

De acordo com a Polícia Civil e Polícia Rodoviária Estadual, foram encontrados no local do acidente vestígios de outro veículo. Seriam pedaços de uma Renault Duster. A suspeita é de que tenha ocorrido uma colisão e o motorista do outro veículo fugiu do local. Isso está sendo investigado pela Polícia Civil. Qualquer informação, mesmo de maneira anônima, pode ser passada para a Polícia através do telefone 197.

 

Em outro acidente na noite de sábado, automóvel atingiu bicicleta na altura do bairro Angico e vítima não resistiu
– Crédito: Bombeiros do Caí

Na mesma noite, duas horas depois, aconteceu outra morte em acidente na RS 122. Em torno de 20h50, na altura do quilômetro 13, próximo ao Restaurante Di Variani, um ciclista foi atingido por um automóvel Toyota Etios com placas de Novo Hamburgo. O ciclista estaria atravessando a rodovia, carregando uma sacola com alguns pertences, quando foi atropelado e sofreu graves ferimentos, sendo socorrido pelos bombeiros caienses e encaminhado ao Hospital Sagrada Família, do Caí. Alberto Valdir de Azevedo, de 63 anos, não resistiu e veio a falecer. Ele seria natural do Caí e morava no município.

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here