Evitar o contágio com o coronavírus em isolamento social pode até ser útil, essas são medidas protetivas, que postergam o surgimento da infecção achatando a curva de contágios possibilitando ao sistema de saúde um atendimento mais humanizado.

A economia global necessitara de muitos anos para resgatar um desempenho dentro da normalidade empresarial. O coronavirus por ser altamente contagiante, provavelmente dentro de meses, a população mundial estará formando anticorpos de defesa desta infecção viral, isto se o vírus circular entre as pessoas com normalidade atingindo a meta de 80% deste grupo.  A luz solar é gratuito. Não há interesse comercial da indústria farmacêutica, embora tenha lucro astronômico com a utilização dos filtros solares, para proteção de queimaduras de pele e de câncer de células escamosas. Existem mais de 240.000 artigos científicos citados no refistrados PUBlic MEDical, em citações e resumos de artigos em investigação em biomedicina, da maior qualidade para comprovar a eficácia de vitamina D3 para combater inúmeras doenças autoimunes, inclusive sendo esta a “causa” inicial desta grande pandemia viral.

A Organização Mundial da Saúde através do nosso Ministério da Saúde deveria reconhecer a existência dessas pandemias simultâneas, onde a deficiência de vitamina D3 e a da covid-19 necessitam de uma baixa imunidade para provocar um acentuado numero de óbitos. Na instalação da gravidade do quadro da Covid-19, será necessária de forma emergencial a reposição de 600.000 UI da vitamina D3, em dose única ou fracionada em poucos dias, para elevar essa vitamina a níveis normais de 77 nano gramas/ml, e que após um mês cairia para 66 nanogramas/ml, sendo necessária uma suplementação de rotina diária, após esta fase para manter a imunidade, através desta vitamina D3 entre 50 a 100 nanogramas/ml, conforme preconiza o prof. Dr. Cicero Galli Coimbra, neurologista e pesquisador da deficiência desta vitamina a respeito de doenças autoimunes. Sempre será necessário evitar a absorção excessiva de cálcio na ingestão alimentar e fazer uma boa hidratação. A hipovitaminose D3 é mais uma das inúmeras deficiências de micronutrientes desta modernidade existencial, estamos em um mundo imunodeprimido. Outras medicações poderiam estar associadas para prevenir a evolução nefasta da doenças .Cuidar da imunidade, o que é altamente saudável, deveria ser a meta prioritária de qualquer órgão oficial de saúde governamental, disponibilizando para toda a população o exame da dosagem de vitamina D3 para quantificar o valor do sistema imunológico de toda a população brasileira.

No vale do cai foi realizado alguns trabalhos científicos que comprovam a grande deficiência da imunidade corporal, avaliada através de hipovitaminose D3, onde todos estavam muito abaixo dos níveis normais desta vitamina.

Continuo me referindo que a imunidade é soberana, bendita imunidade, alias criação divina, e o coronavirus se aproveita desta deficiência para produzir inúmeros obitos nesta grande pandemia viral.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here