O governo americano do norte, finalmente removeu oficialmente o colesterol da “naughty list” como não sendo um nutriente de preocupação para a saúde cardiovascular do povo americano.

Isso significa que ovos, manteiga, laticínios integrais, nozes, óleo de coco, carnes, em especial de porco foram classificadas como “seguras” e foram oficialmente removidas da lista de ingredientes da preocupação alimentar.

O comitê consultivo de diretrizes dietético, não pode mais alertar as pessoas contra a ingestão de alimentos ricos em colesterol e do contrario se concentra no “açúcar” como a principal substância da dieta lesiva a saúde cardiológica.

A verdade  sobre o colesterol é que 85% são produzidos pelo fígado e só 15% é de origem alimentar. O colesterol é essencial para a célula cerebral, onde o estimulo nervoso se manifesta.

O colesterol alto no corpo é sinal de que o fígado está gozando de boa saúde. O colesterol é a base para a criação de todos os hormônios, esteróides, incluindo progesterona, testosterona, estrogênio e corticosteróide.

O trabalho realizado em Framingham pelo Dr. George V. Mann, diretor adjunto para a prevalência de doenças cardiocirculatórias permite afirmar que gorduras saturadas e colesterol na dieta não são a causa de doenças coronarianas.

O maior engano do século, talvez de qualquer século. O colesterol é a maior fraude médica de todos os tempos. Não existe um “mau” colesterol. Se a partícula do LDL for grande e porosa só trás benefícios a saúde coronariana. A maioria das pessoas que têm ataques cardíacos tem níveis de colesterol normais. Estudos comprovam sem duvida que o colesterol não causa doenças cardíacas e não impede um ataque cardíaco.

O colesterol é o bombeiro na hora do incêndio. Esta lá, mas não é o incendiário.

O grande problema médico é a calcificação arterial, e para o cálcio só existe um local, que é o osso. Existem vitaminas que removem o cálcio das artérias e as carregam para os ossos. E é o maravilhoso magnésio que faz a fixação do cálcio nos ossos, evitando com isso os enfartes e combatendo a osteoporose.

Açúcar refinado, calcionismo e radicais livres estão na origem das doenças cardiovasculares. É o fator inflamatório um dos componentes destas tromboses arteriais.

Deixe seu comentário