Em 1995 Raymoond Moody professor na universidade de Virginia(EUA) publicou o livro “Vida após a Vida” que despertou o mundo para as Experiências de Quase Morte. Possivelmente isto ocorre desde o inicio da humanidade terrena, mas somente agora tem despertado interesse na mídia em geral. Nós, em nosso perispirito,temos deixado o corpo físico desde que começamos a encarnar em mundos materiais. São situações que causam a prostração do corpo físico, tais como parada cardíaca, acidentes, afogamentos e overdose, que facilitam a saida do perispirito e amplificam as funções cognitivas. Isto sempre existiu. Nos EEUU ocorre em média 780 casos de EQM diariamente. Isso baseado em dados estatísticos que de cada 3 adultos na eminência de morte física 1 participa da EQM. Entre as crianças, a proporção cresce drasticamente, 3 em cada 5 passa por EQM.  Há uma explicação espiritual para esse aumento, acredita-se que a criança até os 7 anos de idade, como espírito, ainda esta em fase de adaptação em sua nova existência terrena. Até esta idade o elemento espiritual e a matéria orgânica (o corpo físico) ainda não estão perfeitamente integrados.

No planeta terra ocorrem em média 150.000 desencarnes por dia. Na passagem da EQM eles descobrem a verdadeira razão pela qual estão na terra e, no processo testemunham sua imortalidade espiritual. Você já deve ter ouvido a famosa frase de Pierre Teilhard de Chardin:

“nós não somos seres humanos passando por uma experiência espiritual, mas sim seres espirituais passando pela experiência humana”.

Sempre que ocorre uma EQM, os que voltaram para contar salientam que existe um cordão prateado que une o ser pela nuca(espiritual) ligado ao corpo físico(fronte). O nascimento e a morte são eventos similares, com destinos opostos. A criança que nasce acaba de sair do mundo espiritual

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here