Tudo que alguém fizer vai ser alvo de críticas positivas ou negativas, de acordo com a opinião de cada um | Reprodução/FN

Tudo que alguém fizer vai ser alvo de críticas positivas ou negativas, de acordo com a opinião de cada um. Seja uma roupa que alguém use, um bem que adquire ou algum comportamento, estilo ou hábito, sempre vai despertar opiniões contra ou a favor. Algumas pessoas vão achar o máximo, enquanto outras poderão achar muito errado, feio e até ridículo.

As críticas negativas e destrutivas podem ser uma máscara da inveja em alguns casos, ou seja, quando alguém obtém êxito em pouco tempo, pode ser alvo de inveja disfarçada de crítica. Desta forma algumas pessoas que se sentem inferiores àquela que obteve êxito, poderão cometer calúnias ou críticas destrutivas falando mal, numa tentativa de não se sentirem tão inferiores diante daquela que teve sucesso.

“O invejoso olha com maus olhos as qualidades, êxitos ou posses dos outros. Constituem para ele uma fonte de sentimentos desagradáveis e de profunda insatisfação”, cita um texto publicado na revista “A mente é maravilhosa”.

Uma fábula de autor desconhecido conta que certa vez uma cobra perseguia um vaga-lume. Ele fugia com medo, mas a predadora continuava perseguindo ele, sem desistir. Após fugir por três dias, a cobra estava prestes a devorar o vaga-lume, que então perguntou a ela por que queria devorá-lo, já que ele não pertencia à cadeia alimentar dela. A serpente então respondeu que o motivo pelo qual iria comer ele, era porque ela não suportava vê-lo brilhar.

Então o brilho de algumas pessoas pode ofuscar outras, que devem observar se, ao criticarem, fazerem fofocas ou falarem mal de alguém, não estão na verdade incomodados com o sucesso daquela pessoa, necessitando desqualificar as conquistas da mesma e sua pessoa, para se sentirem melhores e lidarem com sua inveja não se sentindo tão menores, já que este sentimento ocorre porque inevitavelmente as pessoas costumam se comparar umas com as outras. O melhor mesmo é conseguir falar bem das pessoas, elogiando-as e sentindo-se feliz pelas suas conquistas.

Deixe seu comentário