Crédito: Site do Inter

O River Plate ainda não venceu nesta edição da Libertadores da América, mas ainda assim é temível e merece todo o respeito que deve ser dedicado ao atual campeão da competição. E o fato da corda estar esticada para os argentinos deixa o confronto ainda mais perigoso para o Inter, nesta quarta, no Beira-Rio.

O estádio colorado, aliás, deverá ter seu maior público desde a remodelação, concluída em 2014. A massa vermelha esgotou todos os ingressos colocados à venda para o confronto em, apenas, 45 minutos, numa clara demonstração de mobilização e confiança.

Nas duas primeiras partidas pela competição, o time de Odair Hellmann saiu de campo com vitórias, mesmo que sem atuações, digamos, convincentes. O desafio contra o River pode ser emblemático, portanto. Vencendo, o Inter irá começar a mostrar que pode ir longe na disputa, uma vez que, mesmo com duas conquistas relativamente recentes na Libertadores, vem sendo tratado, ao menos no princípio dessa, como coadjuvante.

Empate, pelo contexto atual, até que não seria um mal resultado também para os colorados. Já uma derrota pode representar a ressurreição do mais temido adversário em sua chave. É um perigo. Times argentinos gostam desse tipo de jogo.

Tropeço pode ser fatal

Tido como um dos grandes favoritos ao título, o Grêmio teve um início de participação bem aquém do esperado na Libertadores. Por conta disso, se vê na obrigação de buscar um bom resultado, contra o Universidad Católica, no Chile. Se não conseguir, quem diria, seu futuro na disputa já estará comprometido.

Em tese, trata-se do adversário mais fraco em sua chave, algo que reforça ainda mais a responsabilidade do conjunto de Renato. Aliás, o Tricolor conta com a volta da inspiração de seu ataque, que está há dois jogos sem marcar, em pleno Gauchão. A defesa, mesmo muito desfalcada, por sua vez, vem tendo desempenho excelente.

Grenais logo ali

Sem sua melhor formação, o Grêmio voltou de Ijuí com um empate sem gols diante do ajustado time do São Luiz. No confronto de volta das semifinais do Gauchão, na Arena, convenhamos, ninguém espera que os gremistas enfrentem maiores dificuldades.

Também poupando jogadores, igualmente longe de Porto Alegre, o Inter conseguiu uma importante vitória diante do Caxias. O time grená terá que marcar, no mínimo, dois gols no Beira-Rio para pensar em classificação. Muito improvável.

Deixe seu comentário