Crédito: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

O resultado não foi o esperado pelos gremistas. Mas, diante das circunstâncias, o 1 a 1 contra o Flamengo, na ida das semifinais da Libertadores, na Arena, está muito longe de ser lamentado.

Os cariocas foram superiores em grande parte do confronto e a igualdade do Tricolor no placar veio, praticamente, ao apagar das luzes. Poucas vezes o time de Renato foi tão envolvido por um adversário. Sem poupar jogadores, sem fazer rodízios, o Flamengo vai passeando na liderança do Brasileirão e se aproximando da final da disputa continental.

O Grêmio tem bola para ir ao Rio, no próximo dia 23, e buscar a classificação. Geromel deverá estar de volta. Maicon estará em melhor forma, possivelmente. São acréscimos importantíssimos. Já o Flamengo não deverá contar com Arrascaeta e, possivelmente, Felipe Luís.

Se os cariocas, contudo, mantiverem o padrão de qualidade de suas últimas atuações, convenhamos, será difícil demais para os gremistas. Mas muita coisa poderá acontecer, ainda, até o tão aguardado 23 de outubro de 2019.

No outro chaveamento, o River Plate deu um passo enorme para chegar à sua segunda final consecutiva de Libertadores. Simplesmente, não tomou conhecimento do Boca Juniors e fez 2 a 0 com naturalidade. A parada, entretanto, será decidida na mítica La Bomboneira.

Sobrou para o VAR e Odair

Novamente, com total razão, os colorados reclamaram com relação ao VAR. Inacreditável o pênalti marcado em favor do Cruzeiro, que rendeu o empate ao desesperado time mineiro e que freou o Inter na classificação do Brasileirão.

Agora, outra vez, o time de Odair Hellmann exagerou na cautela e deixou por isso também pontos preciosíssimos no Mineirão. Mesmo com o equívoco abominável da arbitragem, era possível ter vencido o confronto em BH.

Crescem os questionamentos ao trabalho de Odair, que parece não compreender por vezes o potencial do grupo que tem à disposição, exagerando em posturas defensivas. Nessa toada, vai ficar difícil conquistar vaga à Libertadores/2020.

Dependendo do que acontecer nos próximos confrontos, talvez a permanência do treinador se torne insustentável, ainda que a temporada se aproxime da reta final.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here