Multas começam a ser aplicadas a partir desta segunda-feira devido a estiagem que compromete o abastecimento - Crédito: Prefeitura

Nesta segunda-feira, dia 27, a Prefeitura de Vale Real irá emitir um decreto que estabelecerá multa de R$ 300 reais para pessoas que fizerem uso de água da rede pública sem necessidade. Entre as medidas que estarão proibidas está lavar calçadas, telhados, casas e veículos, além de regar gramados e jardins.

Há duas semanas o município emitiu decreto de situação de emergência por causa da seca, que afeta tanto a área rural quanto a urbana. No interior, várias famílias que se abasteciam de fontes naturais existentes na propriedade não têm mais água e a Prefeitura precisa garantir o abastecimento. E vários dos poços artesianos de propriedade do município diminuíram a sua vazão, motivo pelo qual cada morador é convocado a fazer a sua parte para reduzir o consumo de água.

Conforme o prefeito Edson Kaspary (Tida), a decisão de estabelecer multa de R$ 300 para quem for flagrado desperdiçando água se deve ao fato de ainda haver muitas pessoas que ignoram os apelos do poder público para que se evite ao máximo o consumo desnecessário de água. “A partir da emissão do decreto o nosso setor de fiscalização estará na rua com a orientação de aplicar a multa. Não terá advertência, será aplicada multa direto”, antecipa o gestor.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here