- Imagem ilustrativa/internet
Uma das maiores condenações já registradas na região e no Estado foi aplicada a um réu de Tupandi, acusado de estupros contra quatro vítimas, entre elas crianças e adolescentes. No total as penas somam 180 anos e 3 meses de prisão, mais um ano de detenção, e multas que somam 195 mil reais de reparação civil por danos morais como indenização para quatro vítimas.
A sentença da Justiça de São Sebastião do Caí foi proferida ontem, segunda-feira, dia 29. O condenado, de 54 anos de idade, está preso desde março do ano passado. Na época foi preso pela Polícia Civil de Bom Princípio, sob acusação de exploração sexual e estupro de menores.
A Polícia iniciou a investigação após parentes de uma vítima que teria sido abusada desde os 9 anos e atualmente já é maior de idade. Além da prisão, na época foram apreendidos na casa do acusado, em Tupandi, computador, celular, pen drives e cerca de 80 DVDs pornográficos, onde foram gravados vídeos com cenas de relações sexuais de menores com homens que também foram investigados. O nome do réu não foi divulgado porque ainda cabe recurso por parte da defesa da vítima, mas ele segue preso.
Os crimes têm o agravante de envolver menores, o que é considerado estupro de vulnerável e implica em aumento de pena. Além de abusar das vítimas, gravava vídeos das relações com outros homens, em que eram obrigadas sob ameaças, humilhações e coação.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here