Ontem foi feita a detonação de rochas no trecho que está bloqueado faz um mês - Reprodução/FN

Após detonação na tarde de ontem, quarta-feira, na encosta da RS 122 que ameaçava cair na altura do quilômetro 43, entre São Vendelino e Farroupilha, a expectativa é de que a rodovia possa ser liberada na próxima semana.

Ontem completou um mês desde o deslizamento que bloqueou por completo a principal ligação entre a Região Metropolitana e o Vale do Caí com a Serra Gaúcha. O secretário de transportes do Estado, Juvir Costella, afirmou que espera liberar o trânsito na rodovia, nos dois sentidos, na próxima terça-feira.

Para a detonação de ontem foram usados cerca de 1,7 mil quilos de explosivos divididos em 60 furos feitos no paredão de rochas a uma profundidade média de 12 metros cada. A Encopav, empresa responsável pelo trabalho de remoção das rochas, deve levar dois dias para retirar árvores e pedras menores que caíram sobre as três pistas. Depois, devem ser feitas novas detonações para fragmentar rochas maiores que desprenderam.

Entre as alternativas de desvio estão pela RS 446 por Carlos Barbosa, Alto Feliz pela VRS 826 ou Vale Real e Vila Cristina pela BR 116.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here