Foto mostra como ficou a sala de aula depois do desabamento do forro na escola de 74 anos | Vitor Gabriel/FN

Técnicos do governo estadual estiveram, na tarde de segunda-feira, inspecionando a estrutura do forro e do telhado na Escola Estadual de Ensino Médio Felipe Camarão.
Situado no centro da cidade, o prédio foi inaugurado no dia 15 de novembro de 1944, quando o município era governado pelo prefeito Clóvis Kroeff.

De então para cá se passaram 74 anos ao longo dos quais o prédio serviu muito bem para o funcionamento da escola.

Na tarde de sexta-feira, dia 24, no entanto, o velho prédio deu sinais da sua debilidade.
Em uma sala de aula do 2º piso, o forro despencou. Felizmente eram lâminas de material plástico (PVC), com pouco peso e a queda aconteceu de forma gradual e lenta, dando tempo dos alunos da oitava série e a professora Regina Kayser se esquivarem do material que ia despencando. Ninguém se feriu.

Os alunos não tem acesso ao segundo piso do prédio | Vitor Gabriel/FN

Na segunda-feira as aulas tiveram continuidade normal. O que foi possível porque algumas salas do andar térreo da escola passaram a reunir duas turmas pequenas para aulas com um professor.

Os técnicos do governo estadual subiram para o forro do prédio e lá constaram que inclusive os caibros que dão sustentação para o telhado também apresentam avançado apodrecimento. Eles ainda não deram o seu diagnóstico, mas parece evidente que medidas de segurança devem ser tomadas rapidamente. Enquanto a reforma não inicia, todas as salas do segundo piso estão interditadas.

Deixe seu comentário