Enquete foi realizada no facebook da Prefeitura

Um tema que vem ganhando destaque em Câmaras de Vereadores da região é sobre a possibilidade de proibir soltar fogos de artifício que geram poluição sonora. O assunto gera muita polêmica, dividindo opiniões da população.

Em Montenegro um projeto foi votado na última quinta-feira e acabou sendo rejeitado pela maioria dos vereadores, que alegaram que a proposta seria inconstitucional. Mas já existe um movimento para que o projeto seja reapresentado, inclusive podendo ser encaminhado pelo prefeito, Kadu Müller, que é favorável a proibição. “Nossa intenção é aprovar esse projeto”, afirma o prefeito. O vereador Talis Ferreira, líder do governo e autor do projeto rejeitado, também estuda alternativas para reapresentar a proposta através de requerimento, que necessita da aprovação da maioria dos vereadores, ou seja, 6 votos.

Projeto no Caí

Em São Sebastião do Caí uma proposta semelhante já se encontra na Câmara e deverá ser votada na volta do recesso dos vereadores em março.

Conforme enquete da Prefeitura do Caí em seu facebook, 84% dos internautas votaram a favor da proibição dos foguetes que provocam barulho. A Prefeitura do Caí está analisando formas de coibir os transtornos causados por fogos de artifício no município. Para tanto, se valendo do atual Código de Posturas, que já classifica como infração o uso dos artefatos com estampido (estouro), foi criado um Projeto de Lei estabelecendo normas e punições que foi enviado ao Legislativo Municipal para análise e discussão. A proposta visa proibir o transporte, comercialização e o uso de fogos de artifício com estampido. Os maiores atingidos por fogos com barulho, como ocorreu na virada do ano, são as crianças, idosos e os animais, principalmente os cachorros.

Alguns municípios brasileiros já adotaram a proibição de fogos com barulho. Mas nas redes sociais também existem manifestações contra a proibição. Caberá a Câmara de Vereadores analisar e votar o projeto.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here