Dona Lyrian foi uma das pioneiras na proteção aos animais no estado Reprodução/FN

Morreu, na madrugada de hoje, Dona Lyrian Diefenthaeler, aos 89 anos.

Casada com João Armeno Diefenthaeler, popularmente conhecido como Lô, ela se destacou muito na cidade pelo esforço que fazia para proteger os animais. Fez isso numa época em que poucas pessoas tinham esse tipo de cuidado e ela teve coragem para enfrentar as pessoas que, por descuido ou maldade, provocavam sofrimento a cães, gatos, cavalos e outros animais.

Contando sempre com o apoio da Polícia Civil e da Brigada, ela não tinha medo de enfrentar os donos insensíveis de animais que eram expostos ao sofrimento.

O corpo está sendo velado na Capela Mortuária da Funerária Hartmann. O sepultamento será hoje, às 17 horas, no Cemitério Municipal de São Sebastião do Caí.

Mais informações na edição impressa de quarta-feira.

Deixe seu comentário