Laerte Oliveira Alves faleceu ontem aos 67 anos - Reprodução/FN

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e Mobiliário de São Sebastião do Caí, Laerte Oliveira Alves, faleceu na tarde de ontem, segunda-feira, dia 10, aos 67 anos de idade. Ele teria sofrido uma parada cardíaca durante um procedimento cirúrgico no Hospital da Ulbra, em Canoas. O velório acontece na Capela A da Funerária São Sebastião e o sepultamento está marcado para a tarde desta terça-feira, às 16h, no Cemitério Católico da Conceição.

Laerte era bastante conhecido e admirado
– Reprodução/FN

Laerte, que também era vice-presidente da Nova Central Sindical de Trabalhadores do Estado e secretário de finanças da Feticom, era bastante conhecido e estimado pela comunidade. Atuava na direção do Sindicato faz mais de trinta anos. “Era uma pessoa muito ativa e correta”, ressalta o colega Marcos Aloisio Steffens, que trabalhou com Laerte desde os tempos da Odim até o Sindicato. Aliás, o Sindicato emitiu uma nota de pesar pelo falecimento de seu presidente. “Rogamos a Deus que conforte o coração de todos que tinham no senhor Laerte um esteio de feitos produtivos por onde passava e que neste momento estão inconsoláveis com a perda de um pai, avô e amigo de palavras firmes e coração generoso”, destaca a nota do Sindicato.

Fundado em 14 de fevereiro  de 1948 e com mais de 70 anos de atividades, o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e Mobiliário, com sede no Caí, sempre foi bastante atuante. Além do Caí, abrange um total de 17 cidades da região, incluindo ainda Alto Feliz, Barão, Bom Princípio, Capela do Santana, Feliz, Harmonia, Linha Nova, Portão, Salvador do Sul, São José do Hortêncio, São José do Sul, São Pedro da Serra, São Vendelino, Tupandi e Vale Real. Ao todo, são mais de 3 mil trabalhadores, das empresas de móveis, cerâmicas, telhas, entre outras desse importante segmento econômico para a região.

Além do trabalho no sindicato, Laerte também era bastante admirado pelo envolvimento nas causas sociais e em benefício da comunidade. Viúvo, deixa duas filhas, netos, demais familiares e muitos amigos e admiradores.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here