Dona Mariazinha tinha 94 anos e teve ativa participação na comunidade caiense - Reprodução/FN

Aconteceu na tarde desta quarta-feira, dia 26, a despedida de Maria Júlia Felippsen, que faleceu na noite de ontem. O velório ocorreu na capela da Funerária Hartmann, de São Sebastião do Caí, seguindo depois para o Crematório Ecumênico Cristo Rei, em São Leopoldo.

Dona Maria Júlia Felippsen, também conhecida como “Mariazinha”, tinha 94 anos e era bastante conhecida e estimada no Caí, município onde residia desde 1957. Natural de Novo Hamburgo, foi registrada em Farroupilha, sendo a primogênita de dez filhos. Viveu a infância em Santa Cruz do Sul, onde se formou em Ciências Contábeis. Depois se mudou para São Leopoldo para trabalhar no Banco Agrícola. Teve três filhos, entre eles José Luiz (Branco) e Carlos Alberto (Branquinho), conhecidos pela atuação no futebol, mais Beatriz Regina. Ficou viúva cedo, quando tinha os filhos ainda pequenos. Passou em concurso para a Receita Federal, onde trabalhou como agente e depois auditora do Tesouro Nacional. Também participou ativamente da comunidade caienses, integrando entidades como Clube de Mães, Escolas, Clube Aliança, Lions Clube, Festa da Bergamota, entre outras. E pela seu empenho para a comunidade recebeu o título Cidadão Emérito Caiense.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here