Acusado invadiu pátio com carro roubado, derrubou poste e bateu em árvore, além de disparar tiro que teria atingido o animal - Crédito: BM

No final da manhã de domingo, dia 15, em torno de 11h15min, a Brigada Militar foi avisada de um assalto na Rua João Pereira, na área central de São Sebastião do Caí.

A vítima informou que foi roubado o seu automóvel Toyota Corolla, de cor preta, e que o criminoso teria tomado o rumo da RS 122. Uma guarnição estava nas imediações e rapidamente deslocou pela rodovia em direção a Portão. Os PMs avistaram o veículo roubado ingressando na Rua da Floricultura, na reta do Areião, do bairro Rincão do Cascalho, já em Portão. Conforme os brigadianos, foi dado ordem de parada ao condutor, mas ele não obedeceu e empreendeu fuga.

Iniciou então uma perseguição que transcorreu por aproximadamente um quilômetro, até que o criminoso invadiu o pátio de uma residência, vindo a chocar o veículo contra um poste de concreto, o qual acabou caindo. O carro só parou após colidir contra uma árvore. Conforme a Brigada, o acusado ainda saiu correndo do veículo e ao receber ordem de parada apontou um revólver na direção dos policiais e efetuou um disparo. Segundo a BM, a guarnição realizou o uso dos meios necessários para repelir a injusta agressão, revidando ao disparo de arma de fogo, sendo realizado um disparo com Fuzil 5,56 e um de Pistola. PMs citam que o disparo do criminoso atingiu de raspão um cachorro que estava na frente de um dos soldados, sendo o animal socorrido. Os brigadianos continuaram na busca do acusado, que fugiu pelo mato, sendo este alcançado e imobilizado após ter caído em um barranco, já desorientado pelos ferimentos sofridos na cabeça quando do choque do veículo no poste e árvore.

Revólver e munição foram apreendidos com o acusado após troca de tiros em Portão
– Crédito: BM

Os PMs citam que ao lado do acusado foi localizado um revólver calibre .38 com a numeração suprimida, com cinco munições intactas e uma deflagrada. Em revista pessoal foram localizadas mais seis munições sobressalentes e um aparelho de telefone celular. O acusado foi encaminhado para a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Montenegro, onde foi lavrada a prisão em flagrante e recolhidos ao sistema prisional. Conforme a BM, o preso, de 25 anos, que é de Canoas, já tinha antecedentes criminais cometidos nos Vales do Caí e Sinos, por ameaça, posse de entorpecentes, posse irregular de arma de fogo, tráfico de drogas (duas vezes), assalto a estabelecimento comercial e roubo de veículo.

Cachorro morreu

Felizmente nenhum policial ficou ferido na ação. O cachorro atingido por um tiro foi levado para uma clínica veterinária, mas lamentavelmente não resistiu. “Meu filho está muito triste por isso”, escreveu a mãe, sobre a perda do cão da raça Boxer que fazia parte da família há 11 anos. “Meu guri, de 10 anos, sempre brincou com o Tevez (nome do cachorro). Mas vai passar. Estamos conversando com ele e acalmando, porque também teve o susto do ocorrido”, completa, sobre o fato do assaltante ter invadido o pátio da família com o carro e ser preso após troca de tiros com a Brigada.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here