Prefeito Júlio Campani divulgou vídeo em que esclarece sobre o fechamento do ponto de venda de passagens e a busca para que o Caí volte a ter sua rodoviária - Reprodução/FN

O posto de venda de passagens de São Sebastião do Caí está fechado. O prefeito Júlio Campani, em vídeo divulgado nas redes sociais da Prefeitura, diz que tomou conhecimento do fechamento ontem, segunda-feira, 30 de maio. “Não fomos comunicados oficialmente pela proprietária e pelo Daer”, lamentou. “Queremos deixar claro que o posto é de responsabilidade do Daer”, esclareceu, lembrando que anteriormente se envolveu com a intenção de tentar resolver o quanto antes a questão, para que a população não ficasse desassistida. “Assim faremos novamente, buscando possíveis interessados. A responsabilidade é exclusive do Daer, que não nos comunicou de nada. Lamentamos e vamos ver se conseguimos que alguém se interesse em continuar vendendo as passagens em São Sebastião do Caí”, completou.

Em julho do ano passado o Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) autorizou a abertura de uma nova estação rodoviária no Caí, mas para o serviço funcionar dependia de interessados. Desde o início do seu governo o prefeito Júlio Campani se empenhou e chegou a ser realizada reunião com empresas que operam com o transporte intermunicipal no município, como Caiense, Caxiense e Bento. Um novo ponto de venda de passagens passou a funcionar junto a uma fruteira, ao lado do antigo posto rodoviário que tinha sido fechado, inclusive aproveitando o abrigo de ônibus para proteger os passageiros, contando também com bancos. Também foi lançado um abaixo-assinado para obter o apoio da comunidade em defesa do serviço, com a intenção de funcionar como agência rodoviária. Mas agora o ponto de venda de passagens fechou. E com isso a venda de passagens deve ocorrer diretamente nos ônibus, com os cobradores.

Bom Princípio tem troca de gestão na rodoviária

Em Bom Princípio, desde o último sábado, dia 28, devido à troca de gestão na rodoviária, a venda de passagem tem ocorrido de forma embarcada. A expectativa é de que a partir de 6 de junho o atendimento retorne ao normal, na rodoviária do Centro de Compras (shopping), junto ao Morangão do Parque Municipal.  Enquanto isso. O recebimento e envio de mercadorias deve ser combinado entre remetente e destinatário, com os despachos sendo retirados diretamente com os cobradores das empresas de ônibus.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here