O músico Luis Fabiano Motta, de 46 anos, vítima de acidente de trabalho em São Sebastião do Caí, está sendo velado no Salão da Paróquia Nossa Senhora da Conceição. Segundo a Funerária São Sebastião, o sepultamento está previsto para a tarde de hoje, quinta-feira, 17h, no Cemitério Católico da Conceição. Em razão dos protocolos de segurança vigentes devido a pandemia, o velório e despedida é restrito aos familiares, que agradecem a compreensão e apoio de todos neste momento de muita dor.

A morte de Fabiano causa muita comoção e repercussão. Ele morreu num acidente de trabalho, na manhã de ontem, quarta-feira, dia 25, por volta de 10h. A banda Brilha Som, sediada na Feliz e uma das principais da região e do Estado, e da qual Fabiano foi um dos fundadores, postou homenagem ao músico em sua página no facebook. Muitas são as homenagens nas redes sociais.

Fabiano estava trabalhando atualmente numa empresa de materiais de construção e distribuidora do Caí. Segundo apurou a Polícia Civil, ele operava um caminhão para realizar a entrega e colocação de um poste de entrada de luz, quando um fio de alta tensão da rede elétrica encostou no veículo e causou o acidente, em que morreu eletrocutado. Bastante conhecido e estimado, além de cantor, Fabiano tocava diversos instrumentos e também era professor de música. Também integrava o movimento Cenáculo de Maria, da igreja católica. Deixa esposa, casal de filhos, neta, demais familiares e um incontável número de amigos e fãs.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here