Através das cartinhas e cartões-postais, crianças são incentivadas a escrever e ler - Reprodução/FN

Depois do premiado projeto “Viajando pelo Brasil Através das Cartas”, que no ano passado foi escolhido o melhor da região entre as escolas estaduais, os estudantes caienses estão resgatando outra correspondência que antigamente era bastante utilizada: os cartões-postais.

Alunos caienses já enviaram e receberam cartas de estudantes de várias cidades do Brasil
– Crédito: Reprodução/FN

Assim como no projeto das cartinhas, os cartões-postais também são enviados pelas crianças para diversas cidades do Brasil, através da troca de correspondências. “Os cartões possuem releituras de obras de artistas brasileiros”, destaca a professora Janaína Flores, que leciona nas escolas Josefina Jacques Noronha, do bairro Vila Rica, e São José, do Loteamento Popular. Pelo projeto das cartas, em 2018 Janaína obteve o primeiro lugar entre os trabalhos desenvolvidos nas escolas estaduais de abrangência da 2ª Coordenadoria regional de Educação (CRE), recebendo o prêmio Professor Projeto em Destaque.

A idéia surgiu nas redes sociais através da troca de informações entre professores. O objetivo é de incentivar os alunos a escrever e ler. Na era das redes sociais e da informática, práticas que eram comuns antigamente para se comunicar deram lugar às correspondências eletrônicas como por email e whatsapp. Por isso a importância de resgatar as cartas e cartões-postais, com as crianças enviando pelos Correios e vivendo a expectativa de também receber as correspondências de diversas cidades do país.

Projeto já foi premiado e vai participar da Mostra de pesquisa do Caí
– Reprodução/FN

O projeto rendeu ainda um trabalho de pesquisa científica, com o título “O escrever num mundo digitado”, justamente destacando a importância da escrita manuscrita em tempos de tecnologia digital. Depois de ser apresentado na escola São José, o projeto das cartinhas e cartões-postais foi classificado para a Mostra de Pesquisa do Caí, prevista para agosto.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here