Mesmo sendo do mesmo partido, prefeito caiense diz que não apoia o ex-governador por falta de diálogo na instalação do pedágio no Caí - Reprodução/FN

O prefeito de São Sebastião do Caí, Júlio Campani, mesmo sendo do PSDB, fez questão de anunciar hoje, domingo, dia 19,  que não vai apoiar o pré-candidato do partido ao governo do Estado, Eduardo Leite. “É um governo sem diálogo, que não nos atende. Marcamos três agendas para tratar da instalação do pedágio no Caí e todas foram desmarcadas na última hora”, protestou, criticando tanto o ex-governador e agora pré-candidato ao Palácio Piratini, Eduardo Leite, como o atual administrador do Estado, Ranolfo Vieira Júnior.

Júlio Campani diz que já comunicou o presidente estadual do PSDB, deputado federal Lucas Redecker, sobre sua decisão de não apoiar a pré-candidatura de Eduardo Leite. “Todos os prefeitos, vices e lideranças do PSDB foram convidados para o anúncio da pré-candidatura ao Governo do Estado, segunda-feira, na sede do partido em Porto Alegre. Eu estava lá, bem na frente. E fui o único que não aplaudiu”, informa, dizendo que não está preocupado com possíveis punições da sigla. “Estou no PSDB faz mais de vinte anos, mas acima de tudo defendo os interesses do meu município”, justifica. “Outros prefeitos do partido também estão insatisfeitos com essa falta de diálogo”, completa, lembrando que na última eleição Leite foi o mais votado no Caí nos dois turnos.

O prefeito caiense continua lutando para que o novo pedágio não seja instalado no quilômetro 4 da RS 122, no bairro Areião, do Caí. A nova praça, conforme o projeto de concessão que já teve leilão com uma única empresa participante que irá assumir as rodovias do bloco 3, terá tarifa de quase 10 reais (RS 9,82) no Caí, a mais cara, com cobrança nos dois sentidos e sem direito a isenção para os moradores locais. Por isso a revolta de Campani, que vem liderando uma grande mobilização e, se a situação não for revertida, promete investir em rotas alternativas, como desvios, para não prejudicar os moradores locais.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here