Ontem teve a aplicação da primeira dose (foto) para a partir dos 60 anos e hoje a imunização da segunda dose foi interrompida por falta de vacinas - Crédito: Prefeitura

Em gravação no facebook da Prefeitura, o prefeito Júlio Campani lamentou que o município não poderá atender toda a demanda da segunda dose da Coronavac para quem completou 28 dias ou mais desde a primeira aplicação. Campani explicou que São Sebastião do Caí recebeu 270 vacinas para a segunda dose, o que é insuficiente. “A demanda era bem maior”, lamenta, lembrando que o mesmo problema está sendo enfrentado por outros municípios devido ao atraso na remessa de novos lotes de imunizantes do Ministério da Saúde, já que atrasou a produção do Instituto Butantan em razão da falta de insumos.

 

Mesmo que a Prefeitura tenha avisado através do facebook e redes sociais, que teria apenas 270 doses disponíveis, o prefeito fez questão de pedir desculpas pelo desconforto causado hoje pela manhã, terça-feira, dia 27, no drive-thru que estava ocorrendo no Parque Centenário, quando estavam sendo vacinados idosos que tinham recebido a primeira dose em 29 e 31 de março, ou antes.

 

Apesar de não ter doses suficientes para atender a todos, a Prefeitura decidiu realizar o drive-thru para tentar facilitar o acesso das pessoas a serem vacinadas, evitando sua ida aos postos de saúde, e garantindo maior segurança a todos. A vacinação ocorreu até terminar o estoque. Um novo lote da Coronavac, para a aplicação da segunda dose, só deve chegar ao Estado na próxima semana.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here