Incidente ocorreu durante o jogo em Curitiba, mas com o acordo o processo foi arquivado - Reprodução/FN

Acabou em acordo e até troca de camisetas o incidente envolvendo o empresário caiense Cláudio Oderich, que é vice-presidente do Grêmio, e um torcedor do Athletico Paranaense.

O fato aconteceu durante a partida de volta das semifinais da Copa do Brasil, quarta-feira passada, dia 4, em Curitiba. Um torcedor do time paranaense, Eduardo César Grenteski Gava, registrou um boletim de ocorrência contra Cláudio Oderich, alegando ter sido atingido no rosto por uma lata de cerveja, a qual teria sido jogada do camarote onde estava a delegação gremista. Outro torcedor, Ilson Mario Kovalksi, também alegou ter sido atingido por uma lata de refrigerante na região do tórax.

Conforme reportagem publicada no site GaúchaZH, Cláudio Oderich confirmou o incidente, o qual teria sido uma reação devido também terem sido atingidos por vários objetos. “Voou de tudo”, afirmou. O fato ocorreu logo após o segundo gol do Athletico. Oderich foi encaminhado ao Juizado Especial Criminal (Jecrim). Mas logo chegou a um acordo com o torcedor paranaense e o processo foi arquivado. Os dois chegaram até a trocar camisetas e bater foto juntos. O Ministério Público considerou que Cláudio agiu abrigado pelo instituto da legítima defesa, ao revidar a agressão iniciada por torcedores do Athletico.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here