Francine Venier falou com Marck B sobre as ações em benefício de famílias carentes caienses - Crédito: Reprodução/RBS TV

O Jornal do Almoço, da RBS TV, esteve ao vivo ontem, quinta-feira, dia 14, em São Sebastião do Caí. Foi mostrada uma ação que todos os meses ajuda várias famílias carentes. Mas para continuar o projeto Aliados do Bem, são necessárias mais doações. As dificuldades aumentaram durante a pandemia, quando acabaram diminuindo os auxílios da comunidade caiense.

Marck B esteve no bairro Navegantes, junto a futura sede dos Aliados do Bem, que também precisa de melhorias e até recursos para religar a luz. Entretanto, o foco principal são as doações. Ele entrevistou a fundadora do projeto, Francine Venier. Ela lembrou que a iniciativa surgiu a quatro anos na capital e depois se mudou para o Caí.  “Estamos precisando de materiais de construção, para melhorar a estrutura da sede. E de alimentos não perecíveis, para as cestas básicas que são distribuídas para as famílias que ajudamos”, informou.

No Natal foram distribuídas 80 cestas básicas, mas agora o número diminuiu devido a redução das doações
– Reprodução/FN

Foram mostradas imagens de eventos realizados pela Aliados do Bem, como no Natal, com grande participação da comunidade. “As famílias que precisam nos procuram e tentamos ajudar. Mas precisamos de doações para isso acontecer”, relatou Francine.

A reportagem do Fato Novo fez contato com Francine. Ela lembra que no Natal foram entregues 80 cestas básicas. Mas agora, como as doações diminuíram, são distribuídas entre 20 e 30. “Falta apoio. Todos que participam do projeto são voluntários”, afirmou. Quem quiser auxiliar pode entrar em contato pelo telefone (51) 98911-7382.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here