Corrosão das vigas estava colocando em risco a travessia e interdição é por tempo indeterminado - Crédito: Prefeitura de São José do Hortêncio

A ponte de ferro que liga os municípios de São José do Hortêncio e Lindolfo Collor foi interditada por tempo indeterminado. As próprias Prefeituras dos dois municípios bloquearam a travessia na última sexta-feira após laudo técnico que informou sobre a situação das vigas inferiores, condenando as condições das estruturas metálicas, inclusive com risco de ruir a qualquer momento. Com isso, o trânsito na ponte de 40 metros de extensão está proibido. Até então só passavam veículos leves, em mão única, na ponte que foi construída em 1967, após a construção da ponte de ferro entre Hortêncio e Presidente Lucena.

Corrosão das vigas e passagem de caminhões teria piorado a situação
– Crédito: Prefeitura de São José do Hortêncio

Segundo a Prefeitura de Hortêncio, em alguns pontos as vigas se corroeram por completo, não tendo mais condições de suportar a madeira da pista de rolamento. O que teria piorado o estado das vigas metálicas foi o desrespeito de alguns motoristas que cruzavam a ponte com veículos pesados. Isso teria feito com que algumas vigas deteriorassem mais rapidamente. E com isso aumentou o risco de rompimento, podendo até provocar um grave acidente.

As duas Prefeituras buscam a elaboração de um projeto conjunto para a reforma da travessia. Enquanto isso o desvio é feito pela Estrada Geral 14 Colônias, aumentando o trajeto em cerca de 10 quilômetros, ou pela estrada de chão batido de Sertão Capivara.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here