Crédito: Divulgação

A falta de água até mesmo já para consumo humano no Município, somada às perdas na produção rural que são estimadas em 30%, levaram a administração de Salvador do Sul a encaminhar Decreto de Situação Emergência. O documento será encaminhado para o Governo Estadual para homologação.

No último final de semana, territórios de Salvador do Sul e também de São Pedro da Serra passaram a ter racionamento no fornecimento de água pela Corsan. As perdas estimadas na atividade primária foram contabilizadas, conjuntamente, pelo Governo Municipal, Sindicato dos Trabalhadores Rurais e Corsan.

Uma reunião com representantes do governo e de entidades salvadorenses, na tarde desta segunda, avaliou medidas a serem tomadas para evitar consequências ainda mais severas para a comunidade.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here