Crédito: Divulgação/FN

Uma nova reunião para tratar sobre a implantação de uma APAE em Salvador do Sul foi realizada na semana que passou. Na ocasião, o grupo formado pela secretária municipal da Saúde, Ação Social e Habitação, Márcia Ebbing Eckert, coordenadora do Centro de Referência e Assistência Social (CRAS) Vó Bella, Paula Rodrigues, e demais representantes da comissão provisória do projeto abordou aspectos de visitas técnicas para conhecer trabalhos do gênero desenvolvidos nas cidades de Feliz e Garibaldi.

A equipe também discutiu as orientações recebidas para a consolidação da entidade a partir de conversas mantidas com representantes Federação das APAE´s do Estado do Rio Grande do Sul (FEAPAE). O órgão orientou o grupo a aguardar uma melhora na situação por conta da pandemia da Covid-19.

Isso também porque o próximo passo seria a realização de uma assembleia, com a presença de simpatizantes à causa, para definir a diretoria da APAE salvadorense. Com a impossibilidade de realização de eventos com aglomerações, conforme decreto estadual, e com a atual bandeira vermelha vigorando no Município, a iniciativa não é viável agora.

A prefeitura de Salvador do Sul já realizou um projeto piloto de atendimento a pessoas com necessidades especiais, o Criando Asas para Voar, desenvolvido pela Secretaria da Saúde e pelo CRAS. Coordenado por Céu Lima, conta com a participação de 32 alunos, que realizam oficinas de artesanato, educação física e música. Esse também está suspenso no momento em virtude da pandemia.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here