Crédito: Cathierine Hoffmann/Divulgação

Em reunião na Assemssul, na noite da última quarta-feira, foi definida a composição da primeira diretoria da Associação dos Piscicultores de Salvador do Sul. A entidade será presidida por André Schneider, tendo como vice-presidente Paulo Junges, secretária Claudete Willers, vice-secretário Antônio Kuhn, tesoureiro André Brumelhaus e vice-tesoureiro Pedro Nilo Weschenfelder.

A eleição foi realizada logo após a discussão e apreciação do estatuto da associação. A diretoria terá mandato de dois anos, podendo ser reeleita por igual período. O Conselho Fiscal é formado por Vera Herbert, Nelci Vogt e Marcelo de Mello, como titulares, e Danrlei Klein, Leandro Kleinschmitt e Adair Kafer, como suplentes.

O prefeito Marco Aurélio Eckert agradeceu a presença dos produtores rurais, sobretudo dos piscicultores de Salvador do Sul no encontro que dará, segundo ele, um grande passo no avanço do fortalecimento de mais uma atividade econômica no Município. A secretária da Agricultura e Meio Ambiente, Gledes Forneck, fez coro ao prefeito e reafirmou a necessidade de legalização. “A associação viabilizará uma atividade dentro da legalidade e com possibilidade dos piscicultores terem poder de decisão na atividade. Sabemos que esse é um grande passo no segmento e voltamos a afirmar que trabalhamos forte na diversificação econômica do município”, destacou ela.

Deverão ser investidos mais de R$ 100 mil num entreposto de peixe em Salvador do Sul, que contará com uma câmara fria, freezer, despolpadeira, descouradeira e quatro mesas de inox. Ele ficará localizado junto aos tanques do Parque Municipal, onde ocorrem as tradicionais feiras do peixe vivo.

Os piscicultores que quiserem se tornar sócios-fundadores da entidade contam com um prazo de 30 dias para registrar interesse, diretamente, na Secretaria da Agricultura.

Deixe seu comentário