Lourdes Francisco está no Hospital Montenegro. Ela confessou danos na casa do presidente da Câmara Reprodução/FN

A vereadora Maria Lourdes Francisco (PDT), que é também a primeira-dama de Pareci Novo, não irá novamente participar da sessão da Câmara que acontece na noite de hoje, quinta-feira. Ela já esteve ausente na sessão passada, 30 de agosto, quando apresentou um atestado médico. Agora Lourdes encaminhou um novo atestado e entrou em licença médica por tempo indeterminado. Como o afastamento já ocorre por mais de duas semanas, assume em seu lugar, durante a licença, o suplente Ilson Inácio Both, também do PDT.

De acordo com o prefeito Oregino Francisco, a esposa Lourdes ainda está bastante perturbada emocionalmente. E por isso foi internada na ala de psiquiatria do Hospital Montenegro. “Ela não tem previsão de alta”, diz, esperando que através do tratamento médico e os devidos cuidados ela posse se recuperar.

Lourdes Francisco, duas semanas atrás, confessou ter causado danos numa casa do presidente da Câmara, Francisco Mendel (MDB), como incêndio no forro e estragos em vidros, janelas, contador de luz e churrasqueira. Foi o quinto atentado na casa de Francisco, na localidade de Despique, mas Lourdes nega os anteriores. Neste último ela foi flagrada através de imagens de câmeras de vídeo. No mesmo dia 22 de agosto ela admitiu ter causado danos na casa da própria sogra, mãe do prefeito, onde quebrou paredes, churrasqueira e telhado, além de incendiar a porta da garagem e uma máquina de cortar grama. Conforme apurou a Polícia, utilizou uma marreta e gasolina. De acordo com o delegado Paulo Ricardo Costa, ela deverá responder processo por dano qualificado com uso de substância inflamável e prejuízo considerável à vítima.

O presidente da Câmara, Francisco Mendel, também pediu licença, de três semanas, para uma viagem. Em seu lugar assumiu como presidente a vereadora Adriane Colling Kinzel (PTB). E como suplente do MDB assumiu como vereador Pedro Rhoden.

Deixe seu comentário