Região vem de três enchentes em duas semanas, e rio e arroios ainda estão cheios - Crédito: Prefeitura

Desde o começo da manhã desta quinta-feira, embora lentamente, o nível do rio
Caí vem diminuindo em Pareci Novo. Mas na localidade de Matiel, a RS 124 segue coberta com lâmina de água e fechada para o trânsito de veículos.

Pareci Novo também sentiu os efeitos da chuva que caiu quase sem parar entre a
madrugada de terça-feira e a manhã de ontem. Tendo por base o sistema de
monitoramento eletrônico do rio instalado no antigo cais de São Sebastião do Caí,
o serviço municipal da Defesa Civil, assim como a estrutura da administração
municipal, por meio das secretarias de Obras e Agricultura, ficaram de alerta para
possíveis transtornos, que acabaram sendo causados pela inundação.

Plantações, como de citros, foram atingidas pela inundação
– Crédito: Prefeitura

No centro do Pareci, a área do entorno da praça ficou alagada. No interior, alguns trechos
de estradas também ficaram alagados, assim como plantações de citros que foram atingidas por arroios que saíram do leito.

Segundo a Prefeitura, em torno de 40 famílias foram atendidas. Elas tiveram o empréstimo de caixas para erguer móveis, material este que foi cedido por duas empresas, a Irmãos
Nedel e a Betinho Frutas, conforme destaca Luís Müller, coordenador da Defesa
Civil de Pareci.

Mas três famílias tiveram que sair de casa no começo da manhã desta quinta-
feira. Elas foram alojadas num abrigo improvisado pela Prefeitura e receberam
café da manhã e refeições do CRAS Amor Perfeito. “O rio subiu muito rápido e
precisamos trabalhar com agilidade. Todo mundo colaborou e deu tudo certo”,
destaca Luís Müller.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here