Familiares de Jean Lucas Martins colocaram uma cruz no trevo onde ocorreu o acidente - Crédito: Fábio Fuchs Klein/FN

Jean Lucas Martins, de 28 anos, foi sepultado na tarde de ontem, quarta-feira, dia 12, em Campo Bom, com o acompanhamento de familiares e amigos. O rapaz, que morreu após sofrer acidente no último domingo no trevo perto das pontes estreitas do Matiel, em Pareci Novo, próximo da divisa com Harmonia e São Sebastião do Caí, estava internado no Pronto Socorro de Canoas, onde faleceu na noite de segunda-feira. Ele morava em Harmonia faz cerca de 7 anos e trabalhava na Móveis Kappesberg de Tupandi. Seus pais, Isabela e Jonas Martins, são proprietários da Lancheria e Mercearia D’Martins no Morro Santo Antônio, em Harmonia.

Jean Lucas Martins, de 28 anos,, morava em Harmonia e morreu após acidente domingo entre sua moto e um carro – Reprodução/FN

A família decidiu doar todos os órgãos de Jean, o que poderá salvar a vida de oito pessoas. Os familiares também colocaram uma cruz no local do acidente, junto ao trevo. O cruzamento é considerado bastante perigoso devido à falta de sinalização. No local já ocorreram vários acidentes e agora essa tragédia. O Daer, que é o responsável pelo trecho da ERS 124, prometeu providências, mas depende da licitação de um novo contrato de sinalização para a área de abrangência da Superintendência Regional de Esteio para a contratação de uma empresa para fazer o serviço. O prefeito de Pareci Novo, Alexandre Barth, defende uma união entre os municípios, juntamente com São Sebastião do Caí e Harmonia, para a realização das melhorias necessárias, garantindo mais segurança.

O acidente

Familiares e amigos de Jean pretendem organizar homenagem e manifestação no local do acidente
– Crédito: Bombeiros do Caí

Na tarde de domingo, em torno de 16h50, Jean trafegava pela ERS 124 numa moto Yamaha no sentido Harmonia/Caí. Ele iria se reunir com amigos no Caí. Ao passar pelo cruzamento, pouco antes das pontes, ocorreu a colisão com um automóvel Vectra, com placas de Montenegro, que atravessava a pista para acessar em direção ao Pareci. Após o impacto, Jean foi arremessado a uma distância de cerca de seis metros e sofreu graves ferimentos, como fratura exposta na perna e lesões no rosto e cabeça. Já a condutora do automóvel, de 72 anos, não teve ferimentos, mas ficou bastante abalada, lamentando o ocorrido.

Jean foi socorrido pelos Bombeiros Voluntários Caienses e encaminhado para o Hospital Sagrada Família, do Caí. Devido à gravidade, principalmente decorrente de um traumatismo craniano, ele foi removido para o Pronto Socorro de Canoas. Mas já estava inconsciente e chegou ao HPS em coma. Mesmo assim os familiares e amigos tinham esperança da sua recuperação e se formou uma grande corrente de orações. Entretanto, foi diagnosticada a sua morte cerebral. E em torno de 21h de segunda-feira um novo diagnóstico confirmou oficialmente o seu falecimento.

Audiência no Daer

Em audiência ontem, quarta-feira, dia 12, na diretoria geral do Daer, em Porto Alegre, foi tratado sobre a sinalização no trevo perto das pontes estreitas do Matiel e melhorias nos demais acessos ao longo dos dez quilômetros que a ERS 124 corta Pareci Novo.

Gelci Mello participou de audiência no Daer
– Crédito: Prefeitura

Como o prefeito Alexandre Barth se encontra em Brasília, a Prefeitura de Pareci Novo foi representada na reunião pelo secretário de cultura, desporto e turismo, Antônio Gelci de Mello, o qual conversou com o chefe de gabinete do Daer, Pablo Teixeira. “No ofício de hoje reforçamos o pedido de urgência na sinalização dos acessos, principalmente no Matiel,  já protocolado diversas vezes desde 2017, inclusive em janeiro deste ano”, disse Gelci. “Também tratamos da efetivação, já neste ano, de termo de cooperação, entre Estado e Município de Pareci Novo, autorizando a Prefeitura a ampliar a sinalização, roçar e criar refúgios junto aos acessos”, completa o secretário, lembrando que os serviços, para serem executados pelo municípios, dependem de autorização do DAER.

O chefe de Gabinete do Daer, Pablo Teixeira, garantiu que serão tomadas providências para que a sinalização no trevo de Matiel aconteça em caráter emergencial o mais breve possível. Atento a urgência e importância desta parceria com o Estado, o prefeito Paulo Alexandre Barh, ainda em Brasília reforça: “tenho acompanhado o andamento dos pedidos desde 2017 e considero prioridade da nossa Administração as melhorias na segurança da ERS 124. Estamos fazendo o possível dentro da legalidade. Colocamos o município a disposição do Estado para firmar o Termo de Cooperação e estamos felizes que a Secretaria Estadual de Logística e Transportes, através do DAER,  tenha acenado de forma positiva para autorizar o Município a realizar as obras tão necessárias.” Alexandre lamentou a morte do rapaz na rodovia estadual e disse que se solidariza com família enlutada.

1 COMENTÁRIO

  1. Passo seguido por esse trecho e é extremamente perigoso devido a falta de sinalização.
    Na minha opinião, a melhor ação seria a construção de uma rótula, na qual irá obrigar todos os motoristas reduzirem a velocidade. Um exemplo de como uma rótula funcionou é a que dá acesso a Salvador do Sul alí no Parque Centenário.
    Falta de atitude dos responsáveis.

Deixe uma resposta para Daniela Cancelar resposta

Deixe um comentário
Please enter your name here