Após fechar parceria com o grupo norte-americano Tyson, a empresa montenegrina parte para novas aquisições - Crédito: Vibra

Com a aprovação da operação pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE), foi efetivada na última semana a assinatura da parceria do Grupo Vibra com a empresa norte-americana Tyson. Segundo os diretores, a parceria marca o início de um novo ciclo, com mais inovação e muitas oportunidades.

Com direito a brinde, em 15 de janeiro foi assinada a parceria entre os grupos Vibra e Tyson
– Crédito: Vibra

De acordo com a colunista Marta Sfredo, de Gaúcha ZH, a Tyson Foods comprou 40% do Grupo Vibra, das marcas Nat e Avi. A Vibra, com sede em Montenegro, foi fundada em 1997 pelos antigos donos da Frangosul. Em setembro do ano passado foi anunciada a parceria com a Tyson Foods para investimentos na divisão de alimentos da Vibra, visando mais flexibilidade no atendimento aos clientes nos principais mercados globais. “Este investimento nos permitirá acessar suprimentos de aves no Brasil para atender às crescentes necessidades dos clientes brasileiros e dos mercados de demanda prioritários na Ásia, Europa e Oriente Médio”, disse Donnie King, presidente da área internacional da Tyson Foods.

O Grupo Vibra atende atualmente clientes no Brasil e em mais de 50 países. Já a Tyson Foods expandiu sua presença global através da aquisição da Keystone Foods, que inclui operações na China, Coréia do Sul, Malásia, Tailândia e Austrália, e os negócios de aves da BRF na Tailândia e na Europa. A Tyson Foods gera atualmente US$ 7 bilhões em vendas internacionais. Isso inclui US$ 5 bilhões em vendas de exportação dos Estados Unidos e cerca de US$ 2 bilhões em receitas no país. “A Tyson irá adicionar know-how e gerar novas oportunidades de negócios para acelerar o nosso crescimento”, disse Gerson Luís Müller, CEO do Grupo Vibra. “Essa parceria será importante para desenvolver ainda mais os nossos negócios no Brasil e no exterior, garantindo acesso a novas tecnologias e investimentos, principalmente em pesquisa e desenvolvimento (P&D)”, completa. Como parte do acordo, o Grupo Vibra irá cindir seu negócio de multiplicação genética, a Agrogen, em uma empresa separada. “Este acordo é o resultado da confiança mútua entre as duas empresas e o objetivo de ambas se expandirem globalmente”, disse Flavio Sergio Wallauer, presidente do conselho de administração do Grupo Vibra.

Novos investimentos

Sede da Vibra é em Montenegro
– Crédito: VIbra

A expectativa é de novos investimentos do Grupo Vibra. Em entrevista para GaúchaZH, Gerson Müller e Flavio Wallauer revelam que, com recursos disponíveis da negociação com a Tyson, a Vibra está em busca de aquisições, principalmente na região Sul. Mesmo com sede em Montenegro, a Vibra não tem frigoríficos no Estado, tendo apenas unidade de ovos férteis. Os frigoríficos estão em Pato Branco e Itapejara d’Oeste, ambos no Paraná, e em Sete Lagoa (MG). “Temos muito interesse aqui no Estado. Somos gaúchos, a matriz da empresa é aqui, queremos estar aqui”, declarou Gerson. E, quem sabe, o Vale do Caí não ganha mais um grande investimento, já que a região é grande produtora de frangos e é interessante para a empresa estar perto dos fornecedores. Gerson, inclusive, revelou que já foram olhadas algumas empresas e que as portas estão abertas. Dentro do projeto de crescimento, a idéia é negociar não só com eventual vendedor, mas também com município e Estado. E a Vibra, para realizar grandes investimentos, pode contar com a parceria da agora sócia Tyson.

Vibra e Tyson Foods 

O Grupo Vibra é um dos principais produtores brasileiros de aves, com mais de 50 anos de experiência no segmento. A Vibra atua na produção e comercialização de proteína de frango com as marcas Nat e Avia. Suas instalações incluem incubatórios, laboratórios, granjas, fábricas de rações e frigoríficos, atendendo o mercado brasileiro e mais de 50 países ao redor do mundo. Está sediada em Montenegro, com operações nos estados do Paraná e Minas Gerais, além de uma unidade de negócios em Dubai. Com 18 unidades de produção, mais de 4.000 funcionários, a Vibra possui uma rede de cerca de 700 famílias de produtores integrados. Em 2018, a empresa inaugurou o Centro de Inovação Vibra (CIV), em Montenegro, considerado o primeiro centro de pesquisa e desenvolvimento de produtos do seu segmento na região sul do Brasil.

Já a Tyson Foods, Inc. (NYSE: TSN) é uma das maiores empresas de alimentos do mundo e líder reconhecida em proteína. Fundada em 1935 por John W. Tyson e crescida sob três gerações de liderança familiar, a empresa possui um amplo portfólio de produtos e marcas. Sediada em Springdale, Arkansas, a empresa contabilizava 121.000 membros em suas equipes.

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here