Defesa Civil está monitorando e em alerta para o risco de nova enchente - Crédito: Prefeitura de Montenegro

Mesmo com o grande volume de chuva e a preocupação de ocorrer uma terceira enchente em três semanas, a boa notícia desta tarde de domingo é que o rio Caí parou de subir na região da Serra. Pela régua da CPRM em Nova Palmira, no município de Caxias do Sul, chegou a subir quase quatro metros desde ontem e voltou a cota de inundação, mas estabilizou no início da tarde de hoje. Alcançou 5m11cm às 14h15 e baixou 10 centímetros, marcando 5m01cm às 15h45, já próximo de sair da cota de inundação.

Na Feliz e Bom Princípio o rio diminuiu o seu ritmo de elevação. Conforme o coordenador da Defesa Civil e comandante dos Bombeiros de Bom Princípio, Paulo Portinho, o rio chegou a subir 80 centímetros por hora, mas depois diminuiu o ritmo para 38 centímetros por hora.

Em São Sebastião do Caí e Montenegro o rio voltou a subir, o que causa o temor de uma nova enchente. O rio ainda estava cheio devido a cheia desta última semana, assim como a região da várzea. Também está represado devido a enchente dos rios Taquari e Jacuí, ficando difícil de escoar a água defeito ao efeito reverso ou repique.

No Caí o rio chegou a subir quase um metro e meio desde a madrugada deste domingo, marcando 9m20cm na régua da CPRM às 15h e já se aproximando novamente da cota de inundação dos 10 metros. Já em Montenegro chegou a sair da cota de inundação dos 6 metros, baixando para 5m74cm no final da manhã de hoje, mas depois voltou a subir um pouco e às 15h30 marcava 5m80cm.

A Defesa Civil segue em alerta, monitorando não só a situação do rio Caí e dos arroios, mas também o volume de chuva. O retorno das famílias de desabrigados para casa depende do cenário positivo das próximas horas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here