Presidiários estão envolvidos nos golpes de extorsão após troca de fotos íntimas - Crédito: Susepe

Na manhã desta quinta, dia 30, a Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe) realizou uma revista em um das galerias da Penitenciária Modulada Estadual de Montenegro (PMEM). O objetivo, conforme a Susepe, é a manutenção da ordem e da disciplina, bem como a apreensão de materiais ilícitos. Durante a ação, um mandado de busca e apreensão foi realizado pela Polícia Civil.

Revista ocorreu hoje pela manhã na Penitenciária do Pesqueiro
– Crédito: Susepe

A ação, organizada pela 1ª Delegacia Penitenciária Regional, contou com a participação de agentes do Grupo de Ações Especiais da Susepe (GAES) e de servidores da própria unidade prisional e de unidades da região.

De acordo com o delegado da 1º DPR, Luiz Benhur Nunes Calderon, “é muito importante estas operações de integração das forças policiais, que já faz parte da rotina da nossa delegacia, sempre objetivando fortalecer cada vez mais este trabalho conjunto”.

O delegado-adjunto Paulo Cesar de Oliveira, que participou da operação, confirma o êxito: “mobilizamos nossos agentes da unidade prisional e região, realizamos a revista na casa prisional e auxiliamos a ação da Polícia Civil”.

Golpe do Nudes

Seguindo a ampliação da diretriz de integração do Programa RS Seguro, agentes da Polícia Civil tiveram o suporte necessário da Susepe para o cumprimento de um mandado de busca e apreensão em uma das celas da Penitenciária do Pesqueiro. A ação fez parte da Operação X-Com, de combate aos crimes de extorsão e associação criminosa, no chamado Golpe do Nudes. Montenegro foi uma das nove cidades gaúchas em que ocorreram buscas, incluindo também mandados em sete Estados.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here