Cerca de 300 fiéis subiram o morro na manhã do feriado de sexta-feira santa - Crédito: Jaime Buttenbender

Com a volta das atividades presenciais, que não foram realizadas nos dois últimos anos devido a pandemia, as celebrações de Páscoa tiveram uma grande participação.

Uma das novidades deste ano, em Montenegro, foi à via sacra até o topo do Morro São João. A procissão ocorreu na manhã do feriado de sexta-feira santa, dia 15. Conforme o pároco da Paróquia São João Batista, padre Diego Knecht, quase 300 fieis fizeram a caminhada entre a Catedral e o morro. “Participaram pessoas de todas as idades, desde crianças até idosos. Foi o momento de recordarmos as 14 estações, da subida de Jesus ao calvário. Foi uma iniciativa que veio para ficar”, acredita o pároco. No caminho, que tinha a frente a imagem de Jesus crucificado, eram entoados cânticos de louvor, num percurso que durou cerca de duas horas.

Procissão ocorreu na sexta-feira santa, entre a Catedral e o topo do morro
– Crédito: Jaime Buttenbender

O padre Diego lembra que a idéia de subir o morro no feriado da sexta-feira santa surgiu durante a pandemia, pensando nas celebrações e preparações para a Páscoa na Paróquia São João Batista neste momento de retomada das atividades e eventos. Para os próximos anos se estuda a realização de encenação da Paixão de Cristo, tornando-se um atrativo durante as celebrações da Páscoa, até como atividade do cunho de turismo religioso, como acontece em outras cidades. Como de costume, o objetivo é reconstituir as 14 estações que marcam a Paixão de Cristo, meditando sobre esse sofrimento do filho de Deus que hoje também pode ser lido como sofrimento do mundo. Ainda no feriado, no início da noite teve a procissão luminosa. Com velas e imagens de Jesus e Virgem Maria, fiéis percorreram ruas do centro de Montenegro. “É o encontro do Senhor sepultado com a Mãe das dores”, diz o padre Diego. Depois da procissão, teve Concerto de Páscoa na Catedral, com apresentação do Conjunto Instrumental Montenegro e do coral Vozes.

As celebrações de Páscoa da Paróquia São João Batista tiveram ainda missas na Catedral e capelas. Neste Domingo de Páscoa, 17 de abril, dia em todo cristão celebra a vitória da vida sobre a morte, haverá missa nos três horários habituais na Catedral e em capelas, seguindo o cronograma de missas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here