Imóvel em que funciona marcenaria no bairro Centenário foi invadido por família - Reprodução/FN

Em contato com a reportagem do Fato Novo, o proprietário do imóvel na Rua Vereador João Vicente, no bairro Centenário, em que teria ocorrido denúncia de injúria discriminatória, registrada na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Montenegro, prestou esclarecimentos sobre os fatos. Ele informou que no local funciona uma marcenaria, tendo inclusive no interior do imóvel várias ferramentas e materiais. Disse que estava em viagem quando soube que o imóvel teria sido invadido por um casal, mais uma mulher e três crianças. “Fizeram ameaças a minha mãe”, lamentou. Negou que se tratasse de uma casa abandonada e mostrou um termo de autorização de uso da Prefeitura.

Pé de cabra teria sido utilizado para arrombar a porta da casa
– Reprodução/FN

Conforme o proprietário foi cortado a cerca e arrombada a porta do imóvel. Ele cita que a mesma mulher, que teria participado da invasão, antes teria tentado alugar a casa. E nega que tenha sido proferida qualquer palavra de cunho discriminatório ou ameaças. “Não temos preconceito”, frisa. Disse que vai registrar ocorrência policial por invasão de propriedade particular, além de ameaças sofridas por sua mãe.
Os fatos teriam ocorrido na manhã de sábado, dia 7. A Brigada Militar e Guarda Municipal, além de representantes do Conselho Tutelar e da Secretaria Municipal de Habitação, compareceram ao local. Os invasores foram levados para outra residência. A Polícia Civil deve apurar os fatos.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here