Pedido de reconsideração foi encaminhado e resultado do recurso será divulgado nesta segunda-feira - Reprodução/FN

O prefeito de Montenegro, Carlos Eduardo Müller, o Kadu, encaminhou novo pedido de reconsideração ao Governo do Estado, ainda na sexta-feira, dia 17, pedindo que o município retorne para a bandeira laranja, de risco médio e menos restrições ao comércio e serviços. Pelo anunciado na tarde de sexta-feira, Montenegro deve entrar na quinta semana de bandeira vermelha, já que está na Região 08, que tem como referência Canoas, onde o Governo considera que está tendo aumento no número de ocupação de leitos por coronavírus, além de óbitos.

 

Com 6 novos respiradores vindos do Governo, o Hospital Montenegro abriu novos leitos para o tratamento de pacientes com coronavírus
– Crédito: HM

Kadu justifica o recurso ressaltando que foram criados 6 novos leitos desde o dia 13 de julho, os quais não constam no relatório do Governo do Estado. O prefeito frisou que os novos leitos de Covid-19, instalados no Hospital Montenegro (HM), já estão sendo ocupados. E com isso o HM passa a ter 14 leitos de UTI. E lembrou que tem mais o Hospital Unimed Vale do Caí, também em Montenegro, com mais 10 leitos de UTI. Ressaltou ainda que Montenegro vem aumentando as testagens, tendo aplicado, nos últimos 21 dias, 1.160 testes. E adotou medidas mais restritivas, através de decreto municipal, determinando o fechamento e proibindo a permanência de pessoas em espaços públicos como Parque Centenário, Estação da Cultura, orla do rio Caí, praças e outros locais de convivência. Lembrou que outros municípios vizinhos, mesmo em bandeira vermelha, adotaram protocolos de laranja, já que não tiveram óbitos e internações por Covid-19 nos últimos 14 dias.

Os pedidos de reconsideração serão analisados pelo Gabinete de crise e na tarde desta segunda-feira, dia 20, será divulgado o mapa definitivo que vai vigorar a partir do dia seguinte.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here