Brigada recuperou notebook e câmera fotográfica, além de apreender diversos objetos suspeitos de serem furtados, e um dos presos confessou ter arrombado cinco escolas - Crédito: BM

Quatro indivíduos foram detidos, sob suspeita de envolvimento nos furtos em duas escolas do bairro Cinco de Maio, entre a noite de ontem e madrugada desta quinta-feira, dia 9.
No início da manhã de hoje, ao chegarem para trabalhar, professores e demais funcionários das duas escolas municipais do bairro Cinco de Maio, de educação infantil (creche) e ensino fundamental, perceberam que os colégios tinham sido arrombados. Além dos objetos furtados, ocorreram muitos estragos nas janelas, portas, grades e no interior das salas.
Na creche foram furtados notebook, câmera digital, dinheiro da rifa para melhorias na escola e outros objetos. Já na escola de ensino fundamental, que fica ao lado e faz divisa, próximo ao cemitério, os ladrões acabaram deixando objetos furtados pelo caminho, como DVD, cafeteira e até lanches.

Escolas sofreram danos e foram reviradas
– Crédito: EMEI Maria Laurinda Leindecker
Notebook e câmera fotográfica foram recuperados pela Brigada

Enquanto era realizado o levantamento e a perícia nas duas escolas, iniciando a investigação da Polícia Civil, a Brigada Militar começou a fazer buscas atrás de suspeitos. Um deles é morador do bairro Cinco de Maio e suspeito de furtos em outras escolas, como Paulo Ribeiro Campos (Polivalente) e Tanac. Uma guarnição se deslocou para sua casa, na Travessa José Pedro Steigleder, também perto do cemitério. Nas proximidades, perto da casa, agentes do setor de inteligência da BM encontraram um irmão e um amigo do suspeito. Eles estariam com um saco e correram para dentro da moradia. No local foram encontrados o notebook e câmera digital furtados da Escola Municipal de Educação Infantil Maria Laurinda Leindecker (creche). Outros objetos, suspeitos de serem furtados, também foram encontrados no local, como forno micro-ondas, espremedor, caixas de som, esmerilhadeira, bijuterias e óculos de sol, além de munição, dois simulacros (armas falsas), facão, porção de fio de luz e treze conectores.

Durante a apresentação dos três suspeitos na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA), entre eles um morador, seu filho e um amigo, um quarto elemento se apresentou. Alegou que após retornar para casa de seu pai e irmão, soube que a Polícia havia encontrado os objetos furtados e os conduzido para a DPPA. De acordo com a Brigada, confessou a autoria do furto, informando a participação de um comparsa encaminhado para a DPPA e outro envolvido, Também confessou a autoria de um assalto a mão armada num mercado do bairro Senai e outros cinco furtos em escolas da cidade.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here