Reprodução/FN

Em razão da pandemia do coronavírus, a Prefeitura de Montenegro emitiu decreto ontem, quinta-feira, onde constam adequações aos serviços funerários.

Entre as medidas, ficam proibidos os velórios de pacientes confirmados ou suspeitos de coronavírus, com os sepultamentos devendo ocorrer imediatamente. Em óbitos ocorridos em residências devem ser tratados como casos suspeitos, com corpo sendo lacrado em plástico. Já nas mortes de pacientes com síndrome respiratória, deve ser feita a “coleta swab”, com material enviado para análise da Vigilância Sanitária.

Mesmo os velórios de pessoas que não tenham morrido devido ao coronavírus e não são casos suspeitos, também tem restrições. Foi limitada a participação em até dez pessoas, que não sejam de grupo de risco, além do caixão ser mantido fechado e envolto em bolsa plástica, podendo ter uma abertura na região facial para visualização, com os participantes mantendo uma distância mínima de um metro do caixão.

Conforme a Prefeitura, as medidas seguem as orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS). As funerárias já vinham adotando as medidas como prevenção ao coronavírus.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here