Campanha para salvar a perna de Natália terá rifas de camisetas autografadas do Grêmio, Inter e do Brasil Reprodução/FN

Uma grande mobilização de solidariedade está ocorrendo em benefício da montenegrina Natália Barbosa Tavares, de 8 anos. A menina, que já superou um tumor, agora enfrenta outro desafio. Mas não está sozinha. Tem recebido o apoio de milhares de pessoas.

Mobilização visa alcançar 120 mil reais
Reprodução/FN

Após uma fratura na tíbia da perna esquerda, Nat, como é mais conhecida a simpática e comunicativa estudante da escola Walter Belian, fez uma cirurgia cinco anos atrás. Só que ao ser retirado o aparelho fixador externo de Ilizarov, notou-se que não se consolidou e surgiu o temor de necessidade de amputação da perna. Os pais, Claudio e Daniela, foram atrás de alternativas para enfrentar o problema da Neurofibromatose (NF1), uma doença neurológica rara. A primeira notícia é de que o tratamento só poderia ser feito nos Estados Unidos, o que geraria um custo de cerca de R$ 250 mil. Mas depois de uma viagem para o Paraná, veio a notícia de que a cirurgia, com a colocação de um aparelho, poderá ser feita em Curitiba. Com isso a despesas caem pela metade. O aparelho, que será instalado, vem dos Estados Unidos. E Natália terá que ficar cerca de 60 dias na capital paranaense, para a cirurgia e acompanhamento médico. “A Nat tem que fazer a cirurgia o quanto antes”, diz o pai Claudio, emocionado com a solidariedade de todos. “Estamos sem palavras para agradecer”, completa. Dez meses depois da cirurgia, terá de ser feito um novo procedimento para a retirada do aparelho e a colocação das hastes intramedulares, dentro do osso que será reconstituído.

Através das doações por contas bancárias, no site Vakinha, rifas e outras iniciativas, já foram arrecadadas um bom volume de recursos. O objetivo é chegar a R$ 120 mil. No próximo dia 21 de setembro a Natália embarca para Curitiba e a cirurgia no Hospital Vita está marcada para o dia 24 do mesmo mês. Será um procedimento para implementação do aparelho Hexapod, que deve evitar a amputação da perna. Para a primeira etapa do tratamento são necessários R$ 80 mil, que tem que ser arrecadados até o próximo dia 10. Doações podem ser feitas em contas bancárias da Caixa Federal e Banco do Brasil, além do Vakinha online. Informações sobre como ajudar podem ser obtidas no facebook Juntos com a Natália, no instagran junto_com_nati, pelo WhatsApp 984053535 e pelo telefone 3632 3535.

Doações podem ser feitas em contas bancárias e no site da Vakinha
Reprodução/FN

Entre as rifas, estão sendo vendidos os últimos números da ação entre amigos que terá como prêmio uma fritadeira sem óleo, dia 10 de setembro. A partir deste fim de semana começam a ser distribuídas em vários locais as rifas do Gre-Nal Beneficente. Natália ganhou duas camisetas – uma autografada por jogadores do Grêmio e outra pelos do Inter. Quem quiser pode optar em comprar a rifa do colorado ou a do tricolor. Cada número custa apenas 5 reais. E terá ainda uma rifa de uma camiseta da Seleção Brasileira, autografada pelo craque Neimar. Outras atividades ainda estão sendo preparadas em benefício de Nat, como pedágio, evento na Estação da Cultura, caminhada e corrida ao morro São João, entre outros. A expectativa é de que logo estarão garantidos os recursos para o aparelho, cirurgia e o tratamento da Natália. “A primeira coisa que eu quero fazer é tomar banho sozinha”, diz, sorrindo, sobre depois de tirar a bota ordopedica. “Tudo que a gente quer é que a nossa filha possa ter uma vida normal”, dizem os pais, emocionados.

Camiseta autografada do Grêmio será sorteada
Reprodução/FN

Toda a comunidade está engajada na campanha. A solidariedade também vem de longe, de vários pontos do Estado e até do país. Mensagens de jogadores, artistas, cantores. Neste sábado a Nat vai realizar outro sonho. Por diversas vezes ela já passou e tem passado na frente da Arena do Grêmio, para ir fazer tratamento em Porto Alegre. Nunca entrou. Hoje, além de entrar no estádio do seu time de coração, ela vai pisar no gramado junto com os jogadores do Grêmio, a partir das 16h, na partida diante do Botafogo, pelo Campeonato Brasileiro. E Natália vai entrar no gramado com outro presente que recebeu: o uniforme do tricolor.

Camiseta autografada do Inter também será sorteada
Reprodução/FN

Deixe seu comentário