Cilmar Alvarenga, de 50 anos, dirigia um Corsa que se envolveu na colisão com um caminhão na RS 124 - Reprodução/FN

Cilmar Vivaldino Longaray de Alvarenga, de 50 anos, morador de Canoas, foi a vítima fatal do acidente que ocorreu no início da tarde deste domingo, dia 6, na RS 124, em Montenegro. Ele era o motorista do automóvel Corsa Classic que por volta de 12h30 se envolveu na colisão com um caminhão que transportava uma carga de polietileno do Pólo Petroquímico para Curitiba (PR).

Motorista do Corsa faleceu no local
– Crédito:Guilherme Baptista/FN

Cilmar, que deverá ser sepultado amanhã no cemitério São Vicente, em Canoas, sua terra natal, morreu no local do acidente. O carro, que foi parar fora da pista, ainda teve um princípio de incêndio e o corpo ficou preso nas ferragens. O caminhão também saiu da pista e tombou na margem da rodovia. O motorista Silvio Renato de Azeredo, 42 anos, morador do bairro Santa Rita, em Montenegro, ficou com suas pernas presas nas ferragens. Os Bombeiros de Montenegro levaram cerca de três horas para conseguir retirar o motorista da cabine. Depois ele foi levado pelo Samu para o Hospital Montenegro.  A Polícia Rodoviária Estadual controlou o trânsito, que ficou em meia pista. A Polícia Civil vai investigar as circunstâncias do acidente.

A vítima fatal, Cilmar Alvarenga, era técnico eletrecista numa empresa auto elétrica. Era casado com Lucia Gonçalves, de Montenegro e no nome de quem está o Corsa. Nas redes sociais são muitas as homenagens para Cilmar e votos de pesar para os familiares.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here