- Imagem ilustrativa/internet

O morador do bairro São Paulo, em Montenegro, que perdeu 56 mil reais no chamado golpe do Pix, entrou em contato com a reportagem do Fato Novo. A vítima, de 62 anos, esclarece que ligou para o telefone 0800 do banco, que constava no verso do cartão da conta. “Como vamos saber se o número do banco está grampeado?”, questiona. “Tudo que vamos fazer no banco temos que ligar antes”, completa.

A vítima diz que foi informada pelo banco de que parte do valor tinha sido bloqueada. “Mas isso aconteceu no dia 9 de junho e o banco não responde mais email. Estou ajuizando um processo”, informou. Ele também registrou o caso na Polícia, que está investigando o caso de estelionato. “Como o número que era para ser do banco estava em poder da estelionatária?”, pergunta.

O idoso teria recebido uma ligação de uma mulher que se passava como funcionária da agência bancária onde o aposentado tem conta. Ela alegou que ele teria tido a conta invadida por criminosos que poderiam retirar seu dinheiro e por isso iria passar as orientações. Pediu para ele baixar um aplicativo, que seria um antivírus, e acabou caindo no golpe.

O caso serve de alerta, já que vem ocorrendo muitos golpes, principalmente por telefone.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here