No domingo o Parque Centenário ficou tomado de pessoas aproveitando as atrações do último dia do evento - Crédito: Guilherme Baptista/FN

Após iniciar com dias de chuva e frio, a 1ª edição da Festa de São João do Montenegro encerrou no último domingo, dia 26, com tempo bom e a presença de um grande público no Parque Centenário.

É difícil calcular ao certo quantas pessoas estiveram no parque entre quinta-feira e ontem, já que a entrada era gratuita. Os organizadores calculam que só no domingo entre 8 e 10 mil pessoas estiveram no parque no domingo. Nos dias anteriores teve menos gente por causa do mau tempo, mas a estimativa da organização é de que mais de 20 mil pessoas participaram do evento que teve dança de quadrilhas, queima de fogueira, shows, casamento na roça, gincana, parque de diversões, pipoca, quentão e outras atrações. E tudo com entrada franca.

Banda Rastapé fez o último show com presença de grande público
– Crédito: Guilherme Baptista/FN

Pelo palco passaram bandas como Bicho de Pé, que contou com a participação especial de Rafa Machado, da Chimarruts, mais Baião de Cordel, Mas Bah! e Rastapé, fazendo a alegria do público, que cantou, dançaou e se divertiu. Além das apresentações dos DJ Cabeção, DJ Finna, DJ Xaropinho, Trio Alles Blau e das nove quadrilhas montadas especialmente para o evento após ensaiarem nas escolas. Destaque para a apresentação da quadrilha da Apae e das demais escolas. “Acho que a gente construiu uma cara do evento. Pro ano que vem a gente já sai com todo mundo sabendo que vai ter estrutura e que pode vir com chuva ou sem chuva que dá pra aproveitar a festa”, garante Alex Mello, o “Leco”, diretor da Idealize – Consultoria em Projetos, idealizadora da Festa São João do Montenegro. “É uma festa que veio para ficar”, completa, já projetando um evento ainda maior para o próximo ano, quando o município estará comemorando 150 anos. “Estamos resgatando as festas do Parque Centenário, o quê não ocorria faz mais de dez anos. No próximo ano teremos uma estrutura melhor, com a revitalização do parque. Deu cem por cento certo. Prova que temos capacidade e estrutura para fazer uma grande festa”, comemora o prefeito Gustavo Zanatta.

Com o tempo bom, parque de diversões recebeu bastante gente
– Crédito: Guilherme Baptista/FN

A festa foi planejada por mais de um ano e, agora, depois de realizada, a avaliação foi positiva: “Foi um sucesso total. Tá todo mundo feliz, população feliz. Só recebemos elogios. Pessoal que trabalhou aqui, também. A gente conseguiu cumprir com o que foi pensado desde o início”, afirma Alex, satisfeito. “São João do Montenegro volta no ano que vem!”, garante. O evento foi viabilizado pela Lei de Incentivo Estadual à Cultura LIC – Pró-Cultura-RS, e pela Lei de Incentivo à Cultura Federal da Cultura, sendo uma realização da Idealize Consultoria em Projetos, com o patrocínio de diversas empresas e o apoio da Prefeitura.

Estátua gigante

Uma estátua maior de São João pode ser construída no topo do morro
– Reprodução/FN

Além de toda essa diversão, o evento, também, buscou fazer um resgate histórico. São João do Montenegro foi o primeiro nome da cidade, que tem o santo como padroeiro do município, inclusive sendo feriado em 24 de junho, que foi na sexta-feira. A idéia é inclusive investir ainda mais no turismo religioso. O vice-prefeito Cristiano Braatz confirmou o interesse em construir no topo do morro a maior estátua de São João do mundo, com 22 metros de altura. “Vamos buscar também uma parceria público privada para realizar esse sonho no próximo ano”, afirma Cristiano, que também é secretário municipal de indústria, comércio e turismo. “É uma atitude ousada, mas temos que ir atrás”, completa, citando o exemplo do Cristo Redentor construído na cidade de Encantado, com 43 anos e já atraindo milhares de turistas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here