Posto de emissão de carteiras de identidade, que está fechado desde julho do ano passado, deve ser reaberto em duas semanas - Crédito: Reprodução/FN

Estão sendo instalados novos equipamentos para o retorno do serviço de emissão das carteiras de identidade em Montenegro.

Conforme o vereador Felipe Kinn da Silva Menezes, que esteve no Sine/FGTAS hoje pela manhã, segunda-feira, conversando com o diretor Roque da Rocha e o perito responsável pelos serviços, a expectativa é de retomada da emissão de carteiras em cerca de duas semanas, assim que os cursos necessários para a função tenham sido concluídos pelos responsáveis, incluindo o perito e estagiários. Uma das novidades é que o setor vai contar com mais um equipamento para o serviço, o que permitirá atender um maior número de pessoas.

O posto das carteiras de identidade fechou em julho do ano passado e desde então os montenegrinos que necessitam do documento precisam procurar outras cidades, como São Sebastião do Cai, Portão, São Leopoldo ou Estância Velha. Isso gera mais transtorno, além de custos devido ao transporte. A expectativa era de que o problema, de falta de funcionário, seria logo resolvido, mas isso não ocorreu. E acabou demorando ainda mais devido ao período das eleições, onde não podem ocorrer contratações, e com a troca de governo.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here