Nesta sexta-feira, dia 10, acontece o II Seminário de Prevenção ao Suicídio e Valorização da Vida. Promovido pela Prefeitura de Montenegro, por meio da Secretaria Municipal de Saúde e Coordenação da Rede de Saúde Mental, o encontro visa divulgar, junto à comunidade e à rede de atenção psicossocial, a importância do cuidado em saúde mental e a prevenção do risco de suicídio.
O evento acontece pela manhã, a partir das 8h30min, na Câmara de Vereadores de Montenegro, com transmissão online pelo facebook da Câmara de Vereadores de Montenegro. Durante o Seminário, serão discutidos vários assuntos que serão apresentados pelas representantes municipais da Rede de Saúde Mental e profissionais convidadas. O primeiro ponto abordado será o “Risco de Suicídio em Saúde Mental” com a psicóloga e representante do Centro de Atenção Pscicossocial, Leoneida Rocha Hoffmann de Lima. Logo após, a psicóloga Daiana Gallas, representante do Ambulatório Interdisciplinar de Saúde Mental (Ament), falará sobre “Manejos em Casos de Risco”.
Após a pausa, o seminário seguirá com a participação das profissionais convidadas. A apresentação de pesquisa “Automutilação na Adolescência: funções e fatos associados” será apresentada pela psicóloga e pesquisadora Mara Cristiane Von Mühlen. Encerrando o evento, acontece a fala “Problematização sobre a Prevenção ao Suicídio: uma conversa sobre clínica, vida e risco” com Jéssica Prudente, psicóloga e professora da Universidade de Santa Cruz do Sul (UNISC).
De acordo com a enfermeira coordenadora de Saúde Mental, Camila Anversa, será uma ótima oportunidade para a comunidade debater sobre o tema. “É importante falar sobre o suicídio e promover o conhecimento sobre a temática”, enfatiza.
Setembro Amarelo
Desde 2014, a Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), em parceria com o Conselho Federal de Medicina (CFM), organiza nacionalmente o evento Setembro Amarelo. O dia 10 é, oficialmente, o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, mas a campanha acontece durante todo o ano.
São registrados mais de 13 mil suicídios todos os anos no Brasil e mais de 1 milhão no mundo. Trata-se de uma triste realidade, que registra cada vez mais casos, principalmente entre os jovens. Cerca de 96,8% dos casos de suicídio estão relacionados a transtornos mentais. Em primeiro lugar, está a depressão, seguida do transtorno bipolar e abuso de substâncias.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here