Plantação de milho é uma das mais prejudicadas pela falta de chuva - Crédito: Defesa Civil

Foi reconhecido, ontem, sábado, dia 9, pelo Governo Federal o Decreto Emergencial por estiagem da Prefeitura de Montenegro. O Decreto 8.036 foi publicado no dia 7 de abril, quando o município, bem como todo o Estado, já enfrentavam dificuldades na agricultura e pecuária devido à estiagem. O documento foi baseado em relatório técnico da Emater/Ascar e de agricultores do município, com registro das perdas e fotos da seca que acometeu as propriedades.

De acordo com o Decreto, em consequência da estiagem, produtores rurais sofreram diretamente prejuízos econômicos e sociais e, as principais perdas no município estão relacionadas com as culturas de citros, milho, bovinocultura de corte e de leite, piscicultura, olericultura e silvicultura.

Produção de peixes também é bastante afetada
– Crédito: Defesa Civil

O reconhecimento federal permite que a prefeitura acesse recursos federais para ações de assistência, restabelecimento e recuperação de danos, além da retomada da atividade econômica de municípios afetados com suporte do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). A medida também possibilita socorro financeiro aos agricultores afetados, como renegociação de dívidas no setor de agricultura e auxílio para construção de açudes e poços.

A Prefeitura de Montenegro também auxilia os produtores rurais com cestas básicas, através da Secretaria Municipal de Habitação, Desenvolvimento Social e Cidadania.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here