Ao chegar à Estação da Cultura, domingo, dia 18, Marion Torriani ficou surpresa ao se deparar com a “Geloteca” vazia. Numa iniciativa em prol da cultura, Marion iniciou uma campanha para colocar pela “cidade das artes”, geladeiras antigas tendo no seu interior vários livros. Assim os leitores podem pegar os livros, ler e depois devolver. Mas não foi o que aconteceu na Estação da Cultura. De uma vez só todos os livros foram levados, ou melhor, furtados. “Não sei se fico triste ou revoltada. Como Montenegro vai se tornar uma cidade melhor se a cultura de algumas pessoas não muda”, lamentou, bastante entristecida.

Cais do porto também recebeu uma geladeira recheada de livros
– Reprodução/FN

 

Outra “geloteca” foi colocada na beira do rio, junto ao cais do porto das Laranjeiras. E Marion, mesmo bastante triste com o ocorrido na Estação da Cultura, pretende espalhar outras pela cidade. As carcaças de geladeiras velhas, que não são mais usadas, são pintadas, ficando muito bonitas, além de ser recheadas de livros e revistas.  Tudo com materiais doados. Junto das gelotecas são colocados cartazes avisando que os livros podem ser retirados para leitura, mas depois devem ser devolvidos, como acontece numa biblioteca.

Campanha de Natal

Marion também é conhecida por outras campanhas. Ela está arrecadando doações para tornar mais feliz cerca de 1.200 crianças carentes no próximo Natal. Quem quiser pode colaborar doando brinquedos novos ou usados em boas condições, assim como embalagens em papel ou plástico para embalar os presentes. Os contatos podem ser feitos pelo facebook da própria Marion. Ela alerta para as pessoas realizarem contato direto com ela. Na campanha do Dia das Crianças uma pessoa se fez passar por seu ajudante e acabou furtando as doações que tinham sido arrecadadas numa loja. As doações podem ser entregues até 18 de dezembro. A entrega para as crianças deve ocorrer no dia 22 de dezembro, em bairros como Aeroclube, Senai (Vila Esperança), Estação e Bela Vista.

Deixe seu comentário