Antonio Miguel Filla já é secretário da fazenda desde o ano passado - Crédito: ACOM/Prefeitura

Mais dois anúncios ocorreram nesta sexta-feira, dia 4, referentes ao futuro secretariado municipal de Montenegro.

O prefeito eleito Gustavo Zanatta e seu vice Cristiano Braatz anunciaram que Antônio Miguel Filla, atual secretário municipal da fazenda, vai continuar no mesmo cargo no novo governo. O outro anúncio foi de que a nutricionista Silvana Schons, que havia aceitado o convite para assumir o comando da Secretaria Municipal da Saúde, acabou desistindo por questões pessoais.

Silvana Schons tinha aceitado o convinte de Gustavo Zanatta e Cristiano Braatz, mas depois alegou motivos particulares para não assumir a Secretaria da Saúde
– Reprodução/FN

Silvana, que por muitos anos atuou e comandou a Vigilância Sanitária do município, diz-se honrada com o convite e a possibilidade de participar do futuro governo, mas alegou que neste momento não poderia aceitar o compromisso. “Ocupar este cargo, pela dedicação que ele requer, está em desacordo com o meu momento pessoal”, sublinha. A nutricionista afirmou que apoiou a dupla Gustavo e Cristiano desde o primeiro momento, mas não estava em seus planos assumir alguma função na nova Administração. Diz que acabou aceitando a indicação movida pelo entusiasmo e pelo desejo de transformação que tanto o novo prefeito quanto o vice demonstram. “Tenho certeza de que farão um excelente governo”, aposta.

O futuro prefeito lamentou a decisão da nutricionista, ressaltando que ela reúne todas as condições e o conhecimento para comandar a Saúde. “Mas temos de respeitar a vontade dela. Nós conversamos e a Silvana continua à disposição para colaborar, mesmo não ocupando nenhum cargo formalmente, o que nos deixou muito felizes”, comenta. Quanto ao nome para a Secretaria da Saúde, Zanatta explica que nenhuma decisão foi tomada por enquanto. “Estamos conversando com os nossos apoiadores na busca por outro técnico capacitado e comprometido com as nossas propostas para a cidade”, conclui. O anúncio deverá ocorrer, possivelmente, na próxima semana.

Filla segue na Fazenda

O administrador de empresas Antônio Miguel Filla foi convidado para permanecer no cargo de secretário municipal da Fazenda no novo governo. Ele está na função desde agosto de 2019, depois de comandar a Diretoria de Fiscalização de Obras e Posturas. A decisão levou em conta o perfil técnico do administrador e seu trabalho responsável de controle e gestão dos gastos da Prefeitura.

O secretário disse que se sente honrado pelo convite, encarado como um reconhecimento pelo seu trabalho no setor. Líder de uma equipe com quase 40 pessoas, entre servidores e estagiários, Filla faz questão de reconhecer o papel destas pessoas. “A Prefeitura tem um excelente quadro profissional”, define, acrescentando que está entusiasmado com as propostas do novo governo.

Sobre as finanças do Município, o secretário da Fazenda ressalta que, apesar do momento delicado vivido pela economia do país, as contas estão em dia, os salários e o 13º serão pagos regularmente e todas as providências estão sendo tomadas para que não haja déficit. “A idéia é começar 2020 já priorizando as ações de governo do prefeito Zanatta”, explica. Para o ano que vem, a previsão orçamentária é de R$ 219 milhões (Executivo e Legislativo), cerca de R$ 11 milhões a mais do que a deste ano. “Apesar da pandemia”, sublinha, observando que este resultado é fruto da força da capacidade dos diversos segmentos produtivos.

Aos 58 anos, Antonio Miguel Filla acumula longa experiência na área financeira. Antes de ingressar na Prefeitura, em maio de 2018, trabalhou na antiga Caixa Econômica Estadual, instituição na qual foi tesoureiro, gerente adjunto e inspetor. Nesta última função, fazia a fiscalização das agências. Depois, de 1998 até 2017, atuou na Doux Frangosul. Também foi professor de Matemática na Escola Estadual Técnica São João Batista.

Segundo o prefeito eleito, a escolha de Filla para permanecer na Fazenda atende a dois princípios defendidos na campanha. “De um lado, estamos valorizando o desempenho de um técnico, de um grande profissional e, de outro, aproveitando um excelente quadro do atual governo, colocando a cidade acima das diferenças políticas”, afirma Gustavo Zanatta.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here