Reunião ocorreu quarta-feiram em Porto Alegre após hospital suspender atendimento ambulatoriais - Crêdito: Câmara de Vereadores de Montenegro

Uma comitiva de lideranças do Vale do Caí, composta por prefeitos, vereadores e secretários municipais, participou de encontro com o secretário de Saúde do Estado, Francisco Paz, na tarde de quarta-feira, dia 14.  Na audiência, agendada por iniciativa da Câmara de Vereadores de Montenegro, através do vereador Talis Ferreira, foi cobrado os repasses atrasados do contrato entre o Estado e o Hospital Montenegro (HM).

As manifestações foram de preocupação já que o Hospital Montenegro cortou atendimentos ambulatoriais em decorrência da falta de recursos. O diretor do HM, Carlos Batista da Silveira, se manifestou explicando que os médicos para trabalharem precisam receber, o que não estaria acontecendo desde agosto. Salários de funcionários, assim como pagamentos de fornecedores, também estão atrasados.

Após longas discussões o secretário Francisco Paz propôs que a coordenadoria, direção de saúde do Estado e o Hospital Montenegro para equacionar algo no sentido de não parar os serviços no hospital. “Precisamos buscar o acerto para que o HM pelo menos mantenha os serviços essenciais”, disse Francisco Paz, explicando a grave crise financeira enfrentada pelo estado.

Paz ainda alegou que do ponto de vista contratual o hospital não pode interromper os serviços de atendimento. A comitiva de vereadores que esteve em Porto Alegre lamenta que o resultado não tenha sido mais efeito, porém, entende que foi produtiva a cobrança junto ao Estado que já sinalizou que vai pagar ainda este ano duas parcelas que estão em atraso.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here